Boa ação: crianças de comunidade assistem aos Jogos levadas por dois estrangeiros

olimpiada-boa-ação

Já falamos sobre os Jogos Olímpicos Rio 2016 ser, embora com ressalvas, a olimpíada da inclusão. E, agora, pode-se dizer, também, que é a olimpíada da boa ação.

Leia também: ESPÍRITO OLÍMPICO: ÓRGÃOS DOADOS PELA FAMÍLIA DE HENZE SALVA 4 VIDAS

O francês Jérôme Jarre, de 26 anos, e o mexicano Juanpa Zurita, de 20 anos, vieram para o Brasil com uma missão: levar crianças do Morro da Providência, na área central do Rio de Janeiro, para assistirem aos Jogos Rio 2016

Os dois estrangeiros são comediantes conhecidos na internet por fazerem loucuras e pegadinhas, mas também ações sociais. Com a ajuda da Casa Amarela, instituição que atua em ações socioculturais na comunidade da Providência, o francês e o mexicano levaram várias crianças para verem de perto as competições. A diretora de programação da instituição, Juliana Luna, conta que as crianças foram a vários jogos em dias diferentes.

Jérôme escreveu no Instagram sobre a sua satisfação em poder contribuir, de alguma forma, para a vida das crianças. “Eu sei que é muito pouco perto de todas as necessidades que eles têm aqui, mas eu acredito que o mundo muda cada vez que alguém dá pequenos passos pelos outros”. Já Juanpa postou uma foto na rede social e disse: “Levar os pequenos para a Olimpíada foi incrível. Este foi o meu irmãozinho durante toda a noite. Ele se chama Carlos. E foi uma experiência inesquecível para os dois”.

E pensar que as arquibancadas da Rio 2016 estão vazias...Fica o exemplo, mais uma mostra de que é possível fazer alguma diferença para o mundo. Esses dois merecem medalha de ouro na modalidade generosidade, não é mesmo?

Mais sobre as Olimpíadas Rio 2016:

OLIMPÍADAS DA INCLUSÃO: CONHEÇA A DELEGAÇÃO DOS REFUGIADOS

MULHERES NAS OLIMPÍADAS RIO 2016

ATINGIDAS: LIVRO RELATA VIOLAÇÕES DE DIREITOS EM PROL DE MEGA EVENTOS NO RIO

Fonte e foto: extra