Nexus, um comovente curta-metragem sobre o amor eterno

“Se você não demorar muito, posso esperá-lo por toda a minha vida” (Oscar Wilde). Hoje, no Dia de São Valentim, uma data que celebra a união amorosa entre as pessoas, apresentamos um vídeo emocionante que fala sobre o amor de uma maneira diferente.

O amor que continua a ser visto através dos olhos de um ancião de 82 anos, um amor que, contado apenas através de imagens, consegue entrar e chegar diretamente em nosso coração.

Este curta-metragem com uma linguagem muito poética, consegue mostrar a emoção do amor, sem precisar discorrer palavras.

Nexus é a ligação de uma coisa à outra, um “link”, uma relação que une. Pode ser fraco ou ter uma segunda intenção, mas pode ser tão forte e conseguir ultrapassar o tempo e o espaço, como uma carícia às doces memórias.

Memória, tempo de fluxo, ligação. Tudo isso está tão bem pontuado neste vídeo (veja abaixo). É Nexŭs (Uma história de amor), o emaranhado de lembranças de um velho que leva consigo duas alianças em sua mão, e que vive pelos cômodos da casa tentando reviver as emoções do passado, acariciando roupas, preparando dois cafés ou dançando… sempre sozinho.

O autor deste pequeno grande filme é Michele Pastrello, um videomaker veneziano de 42 anos, que escolheu hoje, o dia dos namorados, para publicar seu último trabalho.

Nada mais poético e emocionante que o amor eterno, a ser celebrado hoje, Dia de São Valentim, ou se preferir no 12 de junho mas, porque não, sempre?

greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it