Hamsá – a lenda e o significado da Mão de Fátima

  • atualizado: 
Hamsá

A palavra mão deriva de manifestação (do hebreu iad) e significa poder, o que se pode alcançar. A mão é símbolo da ação, representa poder, habilidade e domínio. A mão esquerda está associada ao feminino e ao receber, enquanto a direita tem relação ao masculino e ao dar. O símbolo Hamsá, é representado por uma mão plana e aberta e iremos a seguir conhecer suas várias representações, significados e formas de usar esse talismã.

HAMSÁ: QUE SÍMBOLO É ESTE?

 A origem da palavra Hamsá deriva do árabe: خمسة, chamsa, que significa, literalmente “cinco”, alusivo aos cinco dedos da mão.

Sua representação tem a aparência da palma da mão com cinco dedos estendidos.

O símbolo Hamsá, é usado como amuleto contra o mau olhado, para afastar as energias negativas e atrair boas vibrações.

Existem diversas representações do talismã Hamsá. Nas variações do símbolo Hamsá, existem algumas distinções, com diversos desenhos e transcrições, tais como:

  • olho;
  • pombo;
  • peixe
  • estrela;
  • palavras, como SUCESSO, em hebraico.

O talismã Hamsá, já era usado, na Antiguidade Oriental, como símbolo de proteção, antes mesmo de ser utilizado no no Islamismo e no Judaísmo.

Hamsá foi um símbolo fenício, associado a Tanit, deusa-protetora de Cartago, cuja mão afastava o mal.

Depois, o símbolo foi adotado pela cultura árabe e pelos judeus.

Na atualidade, o símbolo Hamsá, usado tanto por judeus, como por islâmicos, tem sido utilizado pelos defensores da paz no Oriente Médio, como uma forma de mobilização pelos fim dos conflitos, nessa região.

QUAL É O SEU SIGNIFICADO RELIGIOSO?

hamsa 2

O sentido religioso do símbolo Hamsá está no seu significado: uma mão que pára (impede o mal e transmite poder, força e proteção, atraindo o bem.

O talismã Hamsá é uma expressão religiosa de bênção e proteção para quem o usa.

Uma das representações do símbolo Hamsá é a Mão de Fátima, que está associada à força de uma mão com dedos abertos, que se assemelha a um escudo de proteção, sendo assim, sua simbologia está relacionada como uma forma de defesa contra toda negatividade.

A MÃO DE FÁTIMA

O símbolo Hamsá é também conhecido como Mão de Fátima, e recebeu essa denominação em alusão à filha mais nova do profeta Maomé com sua esposa Cadija.

Para os seguidores do Islamismo Fátima era uma mulher santificada.

Fátima (614-632), nasceu em Meca e foi a única filha a dar herdeiros ao seu pai, Maomé, assegurando a descendência do profeta, fato importante para os seguidores de Maomé, líder espiritual do Islamismo.

Outro fator marcante sobre Fátima é que ela cuidou de seu pai Maomé, até sua morte.

Antes de sua morte, Maomé disse à sua filha Fátima, que tinha recebido a visita do anjo Gabriel, que lhe revelou que ela, quando morresse, iria se encontrar com ele, no Reino Celestial.

Fátima é considerada a "Senhora das Mulheres do Paraíso".

As mulheres muçulmanas, por todas essas associações, costumam usar o talismã da Mão de Fátima.

No Islamismo, os dedos, assim como algumas mesquitas (igrejas islâmicas), representam os cinco pilares do islamismo:

  • Shahada - fé
  • Salat - oração
  • Zakat - caridade
  • Sawm - jejum
  • Haji - peregrinação

hamsa 3

E O SEU SIGNIFICADO CATÓLICO?

O símbolo Hamsá, também, é conhecido como Mão de Miriam porque, para os judeus, sua associação tem relação com Miriam, irmã de Moisés.

Na tradição católica o símbolo ficou conhecido como Mano Pentea ou Mão da Benção, utilizado nas casas como símbolo religioso.

Mesmo sua simbologia sendo associada a ícones do Antigo Testamento da Bíblia, na atualidade, não é um símbolo muito utilizado pelos católicos, devido sua representação, ter se intensificado como amuleto da sorte, o que não condiz com os preceitos do catolicismo.

HAMSÁ NO BUDISMO

O símbolo Hamsá, também, aparece no Hinduímo e no Budismo e recebe o nome de Abhaya Mudra, denominação de uma mudra (postura sagrada da mão).

A mão direita estendida para cima está relacionada à elevação espiritual e à reverência ao Divino, que representa fé e força espiritual.

Abhaya em sânscrito significa "destemor"(falta de medo).

É um mudra (postura de mão) utilizado pelos hindus e budistas.

Este mudra aparece na representação de Shiva Nataraja (deus hindu). 

Para fazer esse mudra, deve-se colocar a mão esquerda estendida com a palma para dentro e apontando para o chão à frente do peito, e a a mão direita estendida com a palma para fora e apontando para o teto à frente do peito .

A MÃO DEVE SER PARA CIMA OU PARA BAIXO?

hamsa p baixo

Conheça os significados do símbolo Hamsá conforme o posicionamento  da mão, para cima e para baixo:

O posicionamento da mão para cima está relacionado com o céu e com a isso tudo associado (espiritual);

E a mão para baixo está associada à terra e a tudo que tem relação com ela (físico).

HAMSÁ COM OLHO GREGO NO CENTRO - SIGNIFICADO

O olho grego, também, é uma simbologia de origem árabe e que foi assimilada pelos antigos gregos.

A representação do olho grego no centro da palma de uma mão simboliza o olho que tudo vê e está associado à Onisciência da Fonte Divina e do Criador, reforçando a proteção e o significado espiritual desse símbolo.

TATTOO OU PINGENTE?

Apesar de ser um símbolo originário do Oriente, o talismã Hamsá, devido a sua simbologia de Força e Proteção, passou a ser usado no Ocidente, de diversas formas:

  • Joias:
  • Pingentes;
  • Chaveiros;
  • Amuletos;
  • Esculturas;
  • Quadros;
  • Pinturas em tecidos
  • E em tatuagens.

Hoje em dia, é frequente, as pessoas tatuarem, no corpo, símbolos esotéricos como o talismã Hamsá.

hamsa tattoo

É importante esclarecer que, embora ao tatuar símbolos místicos na pele se busque proteção, contraditoriamente, estamos expondo nosso corpo ao risco dos efeitos tóxicos da tinta utilizada para fazer a tatuagem.

Existe um estudo, publicado na Scientific Reports e coordenado por Ines Schreiver, que concluiu que as micrpartículas, contidas nas tintas, prejudicam os linfonodos do sangue, que são os "sentinelas" do nosso sistema imunológico.

Sendo assim, é mais coerente conjugar o uso símbolo de proteção, com uma atitude de preservação de nosso corpo e saúde.

O símbolo Hamsá pode ser utilizado de várias formas, que não agridam nosso corpo, uma delas é o uso de pingentes, em pulseiras, gargantilhas, brincos, entre outros.

Saiba mais sobre a toxidade das tintas usadas na tatuagem, no conteúdo aqui, abaixo:

TATUAGEM - ESTUDO RECENTE REVELA: TUDO QUE TEM NA TINTA, CAI NA CORRENTE SANGUÍNEA

NOSSAS MÃOS, NOSSO TALISMÃ

Agora, que conhecemos o talismã Hamsá, podemos aproveitar o significado que este símbolo nos transmite e com nossa mão direita, em um gesto de paz, respeito e gratidão, reverenciar, o Espiritual, a Vida e a Alma de cada ser !

Nossas mãos podem ser nosso talismã, tudo depende de como as usamos!