Berberina - Para emagrecer e parar de espirrar, ufa!

  • atualizado: 
berberina berberis vulgaris

A Berberis vulgaris é um espinheiro nativo da Europa - também conhecido como Uva-espim ou espinheiro-vinheto - que antigamente era muito usado como ornamental mas deixou de o ser. Tem uso medicinal nas medicinas populares e na fitoterapia assim como a berberina, seu princípio ativo, que pode ser tomada em cápsulas.

O gênero Berberis é vasto com mais de 450 espécies entre arbustivas e arbóreas. Diversas são usadas na cura mundo afora. Na medicina Ayurvedica, as espécies de bérberis do Himalaia, Berberis aristata e Berberis asiatica são conhecidas como daruharidra, "curcuma do mato", porque elas têm propriedades semelhantes às da Curcuma longa.

A berberina é um medicamento de fitoterapia muito interessante por, pelo menos, dois motivos: é excelente no controle das alergias respiratórias e, veja só, ativa o metabolismo de tal maneira que, se você tomar berberina terá o mesmo benefício de se fizesse exercícios para emagrecer.

VAMOS CONHECER A PLANTA

berberina

A Berberis vulgaris tem propriedades medicinais boas para problemas como:

  • Falta de apetite - aperiente
  • Falta de força muscular, astenia - tônico
  • Má circulação
  • Escorbuto
  • Problemas hepáticos
  • Gota
  • Gravidez
  • Pedra na bexiga
  • Menopausa
  • Problemas menstruais
  • Problemas renais
  • Problemas gástricos
  • Obstipação (prisão de ventre) - laxante
  • Rubéola
  • Varizes
  • Retenção hídrica (diurético)
  • Diabetes (na China é usada, com este fim, há centenas de anos, segundo o Dr. Rondó)

COMO SE USA ESTA PLANTA

Da Berberis vulgaris são usados o fruto, as folhas e a casca da raiz.

Os frutos verdes são conservados em vinagre e consumidos como as alcaparras, os frutos maduros servem para fazer doces, geléias e xaropes.

Se pode fazer infusão dos frutos ou cozimento (1 colher de café por xícara) e consumir 2 a 3 vezes por dia ou, a tintura das cascas, para tomar em gotas (de 20 a 40 ao dia).

Mas, é difícil de ter essa planta no quintal pois ela tem um papel importante na transmissão de uma doença fúngica que ataca os cereais, a ferrugem negra, razão pela qual deixou se estar pelos jardins (europeus) de antes.

A BERBERIS TEM SUAS CONTRAINDICAÇÕES

Não é recomendado o seu uso na gravidez, lactância e obstrução das vias biliares.

Esta planta é potencialmente citotóxica devido aos alcalóides que contêm e só deve ser usada por curto período de tempo, sob controle médico.

A intoxicação com berberis, uva-espim, “se manifesta por entorpecimento, náuseas, vômitos, diarréia, afecção renal, paralisia do centro respiratório” (aqui).

E A BERBERINA?

Bem, a berberina você pode consumir em cápsulas, de acordo com a orientação do seu médico:

  • no controle do aumento de peso por pacientes de diabetes tipo 2
  • no controle da glicemia
  • redução de colesterol e triglicérides
  • e na redução da resposta alergênica

MAS, COMO É QUE A BERBERINA ATIVA O METABOLISMO?

Segundo este artigo do médico ortomolecular Dr. Rondó, “em um estudo com pessoas obesas onde se usou 1500 mg em divididas doses de 500 mg num período de 12 semanas, houve perda de 2,5 kg em média nesse intervalo de tempo”.

A berberina ativa algumas enzimas importantes que ajudam a regular a absorção de glicose e a queima de gorduras, promovendo uma melhor resposta à insulina. Também reduz a gordura das visceral pois inibe o seu depósito e aumenta a atividade da chamada gordura marrom que é metabolicamente mais ativa, gerando combustível energético em vez de depósitos adiposos.

Como diz o médico que estou citando, “você estará “se condicionando e ganhando energia” como se estivesse fazendo exercício, mas sem fazê-lo… E “queimando gordura e perdendo peso” como se estivesse fazendo dieta, mas sem fazê-la.

Será? Particularmente, eu estou com vontade de experimentar esse benefício da berberina.

BERBERINA E AS ALERGIAS

A berberina estimula o seu sistema imunológico e, para além do mais, também tem atividade antibiótica natural para alguns microorganismos que atrapalham nossa vida e nossa saúde. como:

  • Staphilococcus
  • Streptococcus
  • Clamidia,
  • Candida (e muitos outros mais)

Para além do mais, a berberina é eficiente nas febres e mal estar de resfriados e alergias sazonais (xô rinite!).

Então, na próxima mudança de estação, quando as rinites nos atacam a todo vapor, pense em usar as cápsulas de berberina e ser mais feliz. Mas, antes, converse com seu médico pois, mesmo sendo feito de planta, os princípios ativos também podem ter interação medicamentosa com outros que você faça uso.

Especialmente indicado para você:

setaCORTISONA: 5 ALTERNATIVAS NATURAIS

setaHISTAMINA → O QUE É, SINTOMAS DE EXCESSO E REMÉDIOS PARA A INTOLERÂNCIA