Água boricada: para que serve? Seu uso é seguro?

Existem substâncias que, de tão comuns, parecem inofensivas. Porém, nem sempre são. Por isso é importante ficar atento ao uso indiscriminado de alguns produtos, como é o caso da água boricada.

Sendo uma solução composta de água com uma porcentagem de ácido bórico que varia de 1% a 5%, seu uso deve ser consciente porque o ácido bórico é hoje proibido em alguns países, e também recebe restrições de uso no Brasil. Isso porque, ele pode ser tóxico e provocar danos à saúde.

Conheça abaixo mais sobre essa substância e porque é importante ter bastante cuidado com ela.

O que é água boricada?

A água boricada é uma substância límpida, incolor e inodora composta mais comumente de água e 3% de ácido bórico, elemento químico do Boro, um pozinho branco ou de aspecto cristalino.

Em pequenas quantidades, o composto não faz mal para saúde, tendo em vista que o boro é encontrado na alimentação. Porém em níveis elevados ele é tóxico.

Encontrado em produtos cosméticos, como pomadas, talcos, esmaltes de unha, loções para pele, o ácido bórico tem uma função antisséptica e antifúngica importante.

Para que é usado?

O ácido bórico é comumente usado para tratar infecções de pele, tendo em vistas suas propriedades antissépticas, e também compõe boa parte dos produtos que tratam micoses vaginais.

É usado ainda em lavagens oculares e tem ainda um efeito pesticida, podendo ser utilizado para matar baratas, formigas e outros insetos.

Também é muito útil na limpeza doméstica, especialmente para limpar piscinas.

É ainda usado em alguns kits laboratoriais para exames de sangues, na fabricação de fibra de vidro e em produtos químicos, de modo geral.

Proibições de uso

Alguns países baniram o uso do ácido bórico pela toxicidade que ele pode apresentar. Além disso, a substância não é estéril e um vidro com ácido bórico pode conter inúmeros agentes nocivos à saúde. Por isso, seu uso para lavagens oculares não é indicado, tendo em vista que o quadro clínico pode piorar.

O ácido bórico pode ainda causar reações alérgicas, problemas respiratórios e irritações.

A substância é facilmente absorvida pelo trato intestinal e por inalação, por isso pode causar sérios danos, como intoxicações, insuficiência renal, alterações gástricas e neurológicas.

Pessoas contaminadas por ácido bórico podem ter episódios de sonolência, queda na pressão, descamação na pele, febre, diarreia e vômitos. Dependendo da gravidade, o ácido bórico pode até matar.

Por isso todo cuidado é pouco. O ácido bórico não é uma substância inofensiva, sendo assim, nem mesmo a água boricada deve ser usada como simples “água”.

Consulte um especialista e nunca se automedique. Produtos naturais, e também produtos de uso popular como a água boricada, podem representar problemas principalmente em pessoas sensíveis, ou em situações de vulnerabilidade. Fica a dica!

Crianças e grávidas devem evitar o uso ou apenas fazê-lo mediante recomendação médica.

Talvez te interesse ler também:

ESPINHEIRA-SANTA DE GRANDE RIQUEZA MEDICINAL: CONTRA GASTRITE E DORES ESTOMACAIS

ORÉGANO: O MELHOR ANTIBIÓTICO RECONHECIDO PELA CIÊNCIA

O QUE É ÁCIDO HIALURÔNICO? E QUAIS SÃO OS SEUS BENEFÍCIOS?