Rosa do deserto - Como cultivar e cuidados

  • atualizado: 
rosa do deserto

A rosa do deserto é uma árvore exótica com flores deslumbrantes e, pasmem, ela é originária do deserto, mas para nossa sorte se adapta e se desenvolve em países tropicais. 

Ela é um árvore toda diferenciada, com um caule muito desenvolvido na base, apropriado para subsistir no deserto, suportar fortes ventanias e acumular água. 

As suas flores possuem variadas cores: branca, vinho, lilás, vermelho e outros tons e nuances.

Em países com um inverno rigoroso, só dá para cultivá-las em estufas, visto que as rosas do deserto morrem se estiverem em temperaturas inferiores a 14 Cº.

A rosa do deserto é uma planta que tem admiradores no mundo inteiro e quando se conhece essa planta não dá para ser o contrário: acaba-se por virar um admirador e querer tê-la no ambiente de nossa moradia!

Origem e características

  • Nativa da África e de vários países da Península Arábica
  • Nome popular: rosa-do-deserto
  • Outros nomes: adênio, adenium, lírio-impala, mini-baobá, falso-baobá
  • Ordem: Gentianales
  • Família: Apocynaceae
  • Subfamília: Apocynoideae
  • Gênero: Adenium
  • Espécie: Adenium obesum
  • Origem: África e Península Arábica
  • Tamanho: até 4 m
  • Propagação: por semente,mudas, estaca ou enxertia
  • Iluminação: sol pleno
  • Rega: pouca água
  • Plantio: o ano todo
  • Floração: Primavera/Verão
 

Como cultivar rosa do deserto através de sementes

A rosa do deserto necessita ser cultivada em um local onde incida sol por pelo menos 4 horas pois, sem essa condição, ela não floresce.

Caso seja plantada em um vaso há necessidade de utilizar um substrato para drenar a água, impedindo que acumule umidade nas raízes, principal fator que prejudica o desenvolvimento desta árvore.

Uma boa mistura para o plantio dela em vaso é:

  • 50% de areia grossa de jardim
  • 20% de terra
  • 20% de casca de pinus triturada
  • 10% adubo vegetal

Para cultivá-la através das semente se procede da seguinte maneira:

  1. escolha um vaso para servir de sementeira 
  2. coloque pedras no fundo
  3. complete com uma mistura de 70% de areia de jardim, 20% de terra e 10% de carvão moído
  4. acomode as sementes deitadas, na mistura do vaso, com uma distância de 10 cm entre elas 
  5. acrescente por cima uma camada de substrato peneirado
  6. borrife água, suficiente para umedecer a terra e cubra o vaso com saco plástico transparente
  7. mantenha a sementeira em local ensolarado
  8. em 10 dias, as sementes começam a germinar
  9. quando as mudas estiverem com 5 a 6 pares de folhas, podem ser transferidas para vasos individuais

Outra maneira de cultivar a rosa do deserto através de sementes requer as seguintes etapas:

  1. Uso de semente maduras e de boa procedência
  2. Colocar para germinar em mistura mais porosa ou fibrosa (como a já descrita)
  3. Ou colocar para germinar em papel toalha umedecido um recipiente de plástico e quando que começar a germinar transferir para a mistura de plantio (no vídeo mais adiante mostra como é esse procedimento).
  4. A rega deve ser moderada
 

Como fazer o plantio da rosa do deserto por estacas

rosa do deserto

Para obter mudas de rosa do deserto através dos ramos segue os passos de como proceder:

  • Cortar um ou alguns ramos
  • Deixar o caule descansando sem plantar por mais de 24 horas
  • Retirar a ponta e as folhas para fazer o plantio.
  • Colocar as estacas em mistura porosa ou fibrosa
  • Regar moderadamente
  • Deixar em ambiente a meia sombra.
  • O enraizamento acontece até 60 dias

Vejam, agora neste vídeo a paisagista Lucia Borges, do canal Vida no Jardim mostrando os procedimentos descritos para cultivo da rosa do deserto.

Cuidados para o cultivo da rosa do deserto

Seguem os cuidados básicos para o bom desenvolvimento da rosa do deserto:

  • A planta necessita de sol pleno
  • A mistura de plantio deve ser porosa ou fibrosa
  • A rega deve ser moderada
  • Uso de vaso cerâmico ou bacias
  • Drenagem: uma camada de brita 0 (tipo de pedra)
  • Tipo de mistura fibrosa para o plantio da rosa do deserto pode ser: uma parte palha de arroz carbonizada e pó de fibra de coco

Observações sobre o desenvolvimento da rosa do deserto

Após um ou dois anos, esta planta começa a florescer, o caule vai engrossando e ficando sinuoso.

Pode haver necessidade de fazer replantes e podas e outros cuidados para evitar o surgimento de fungos.

A cada dois anos, é recomendável tirar o torrão de raízes com cuidado e acrescentar uns três dedos de substrato no vaso em que a planta estava e, então, replantá-la novamente.

É indicado deixar a terra da superfície do vaso alguns centímetros acima da borda, pois, com o tempo e o desenvolvimento do tronco da rosa do deserto, as raízes aparecerão no lugar (levantamento de raízes).

Para manusear a planta é recomendável utilizar luvas, pois sua seiva é tóxica e venenosa.

Neste outro vídeo, a paisagista Lucia Borges, do canal Vida no Jardim, mostra como fazer o replantio e fala sobre os cuidados contínuos com a rosa do deserto.

Onde adquirir a rosa do deserto

Para adquirir sementes, mudas ou a árvore em vaso existem floriculturas e lojas de jardinagem físicas e virtuais que vendem.
Outra possibilidade é pedir, para quem tem a árvore, um ramo dela, para plantar.

Depois de ver a originalidade, exuberância e beleza da rosa do deserto, não dá para resistir ao seu encanto, não é?

Talvez te interesse ler também:

 setaSe você gosta de plantar, leia mais em nossas categorias COMO PLANTAR e HORTA E JARDIM

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!