©Porterbrook

Objetivo zero emissões: Reino Unido lança trem movido a hidrogênio

HydroFLEX é o primeiro trem movido a hidrogênio do Reino Unido. Ele promete descarbonizar o transporte ferroviário britânico, que atualmente funciona com trens movidos a diesel e eletricidade.

O Reino Unido pretende reduzir as emissões de carbono em 80% antes de 2050 e o hidrogênio é uma das novas tecnologias reconhecidas como capazes de atingir a meta de redução de 60% a 80% dos gases de efeito estufa na atmosfera, como informa o Railway Technology.

O projeto que levou dois anos para ser desenvolvido, bem como £ 1 milhão em investimento, é uma parceria entre a Universidade de Birmingham e a empresa Porterbrook, e foi desenvolvido em um conjunto de trem Classe 319 já existentes.

Como funciona

A forma como o hidrogênio alimenta um trem é simples, como explica a BBC Future:

“A célula a combustível é composta por um ânodo, um cátodo e uma membrana eletrolítica. O hidrogênio armazenado passa pelo ânodo, onde é dividido em elétrons e prótons. Os elétrons são então forçados através de um circuito que gera uma carga elétrica que pode ser armazenada em baterias de lítio ou enviada diretamente para o motor elétrico do trem.”

Embora o hidrogênio seja altamente inflamável, no sistema HydroFLEXele é armazenado em tanques protegidos com uma série de medidas que garantem a segurança dos passageiros.

Zero emissão

Como o transporte ferroviário é já um dos que menos emitem gases de efeito estufa na atmosfera, se os trens todos fossem elétricos e alimentados com energia renovável, eles seriam zero emissões. Já existe no Reino Unido um trem 100% zero emissão que é uma linha que vai de Hampshire para Londres, atualmente a única no mundo, que funciona exclusivamente com energia solar.

Para um transporte totalmente limpo no Reino Unido, restaria eletrificar os percursos feitos por trens movidos a diesel ou, fazer com que estes se movam com o sistema hydroflex que não requer a eletrificação de trilhos e seria portanto uma alternativa mais econômica.

Fantástico!

Quanto é green o hidrogênio?

A obtenção do hidrogênio como fonte de energia não é totalmente limpa. Geralmente, o hidrogênio é produzido como subproduto de processos químicos e, o método mais comum atualmente usa gás natural e vapor de alta temperatura.

Para que a energia do hidrogênio seja verdadeiramente limpa, seria necessário utilizar outros métodos de produção que não fossem de origem fóssil. Existem alternativas sendo estudadas.

Ademais, um outro problema ambiental seria a necessidade do uso baterias de lítio, mineral cuja extração gera grande impacto ambiental (além do uso excessivo de água, a mineração do lítio gera  degradação ambiental).

Mas também para isso, pesquisadores buscam soluções.

De qualquer forma, o caminho é esse para chegar ao objetivo zero emissão.

Talvez te interesse ler também:

Hippies e nostálgicos: a Kombi elétrica vai chegar ao Brasil

Na Suíça chegam os caminhões movidos a hidrogênio

Ônibus a hidrogênio – projeto brasileiro em andamento

Sobre Daia Florios

Daia Florios
Ingressou no curso de Ecologia pela UNESP e formou-se em Direito pela UNIMEP. É fundadora e redatora-chefe em GreenMe Brasil.

Veja Também

Táxis voadores para acabar com o tráfego urbano: a previsão para 2025

O futuro dos carros será no céu.  Se depender da tecnologia, os carros não estarão …