Em Londres: bebedouros públicos para reduzir o plástico

Londres declara guerra às garrafas de plástico investindo em bebedouros públicos. Em breve, antigas fontes de água deverão voltar a escorrer, oferecendo água potável, adequada para o consumo humano, para reduzir a compra de garrafinhas de plástico e consequentemente o lixo (ou a reciclagem) deste material.

Na tentativa de conter o desperdício associado ao consumo de água engarrafada, o prefeito de Londres, Sadiq Khan, manifestou vontade de reativar a vasta rede de bebedouros públicos e estações para recarga de garrafas de água em toda a cidade.

“O prefeito quer reduzir o número de garrafas e copos de plástico descartáveis ​​na capital e pediu às autoridades da cidade que examinem a viabilidade de um projeto piloto junto com outras intervenções”, disse um porta-voz de Khan ao The Guardian. A ideia é identificar os locais com maiores demandas, como os centros urbanos, os centros comerciais, parques e praças, para oferecer fontes de água ao público.

Além de instalar novos bebedouros e pontos onde se possa obter água, Kahn quer garantir aos londrinos e aos turistas sedentos que estes possam sempre ter água grátis, em vez de comprá-la.

A iniciativa foi inspirada por Refill, uma campanha bem sucedida lançada em Bristol em 2015, quando esta cidade foi a Capital Europeia Verde.

O ministro do Meio Ambiente, Michael Gove, também confirmou que um maior acesso aos bebedouros de água em todo o país será uma das soluções do governo para reduzir o lixo plástico.

Antigamente, fontes de água (bebedouros antigos) eram muito mais abundantes do que hoje. Considerando a situação de Londres, existem grandes diferenças entre o centro e a periferia. De acordo com os dados coletados pelo jornal britânico, o distrito de Lambeth tem 25 bebedouros em torno de seus parques e espaços abertos, mas muitos outros, incluindo Sutton, Enfield e Haringey, não têm nenhum. Em geral, os 32 distritos municipais de Londres têm 111 bebedouros e estações de recarga d’água acessíveis ao público.

Agora basta esperar para saber se o prefeito Khan e o Ministro Gove realmente levarão este projeto adiante. Também o antecessor Boris Johnson tinha anunciado em 2008 “uma nova era para os bebedouros públicos”.

Seria uma espécie de retorno ao passado que é bom para o futuro.

Talvez te interesse ler também:

Em Londres abre o primeiro museu da vagina

Em Londres, o leite é entregue em garrafas de vidro para reduzir o lixo plástico

No metrô de Londres, em vez de anúncios publicitários, fotos de gatos para adoção

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

Nenhum telhado será desperdiçado. Nesta cidade, tudo vira verde!

Criada pela prefeitura de Utrecht, na Holanda, a campanha “no roofs unused”, consiste em fazer …