Uma rara zebra de bolinhas, fotografada na África

Já imaginou ver um animal que parece uma mistura de potro com zebra e ainda com a cor marrom e sem listras? 

Esse animal existe e vive na Reserva Florestal do Quênia, na África, e é uma filhote batizada com o nome de Tira pelo guarda-florestal que a avistou primeiro.

Veja esse animal raro através das fotos, tiradas pelo  guarda florestal e publicadas na página do Facebook da  Maasai Mara Wildlife Conservancies Association, com a seguinte legenda:

“Ontem à noite, um guia Maasai descobriu um caso de mutação genética em uma zebra bebê no Maasai Mara e a nomeou após seu sobrenome – Tira.
Hoje de manhã fomos os primeiros a visitar Tira!
Alguns anos atrás, houve um caso semelhante, no entanto, a zebra ainda mantinha as listras e a cauda em forma de pincel.
Tira, no entanto, tem padrões que aparecem como bolinhas!
Espero que os especialistas analisem esse caso e compartilhem descobertas interessantes em breve! ”.

Os internautas apreciaram as postagens com muitas curtidas e comentários de admiração e também informações à respeito das características raras de Tira. 

Diferenças de Tira em comparação com as outras zebras

Tira é bem diferente, pois enquanto as zebras comuns têm listras pretas e brancas no corpo, Tira tem manchas brancas no formato de bolinhas, espalhadas em seu corpo e sobre a camada de pelo marrom.

Outras diferenças de Tira são as pernas mais longas do que as zebras comuns, uma mancha mais escura e uniforme que lembra uma capa e fica ao longo das costas. Além disso, a sua cor lembra a da anta.

Possível causa desse animal ser tão diferente

O aumento da temperatura pode ser uma das possíveis causas dessa mutação genética nesse animal, que lhe conferiu excesso de melanina, causando o pigmento escuro da pelagem.

Função das listras das zebras

As listras das zebras são de fato um mecanismo de defesa delas para confundir os predadores, e esse é o lado desvantajoso de Tira ser tão diferente, pois, quando as zebras estão em bando, dificultam que o predador distingua individualmente sua presa.

Tira sendo diferente se destaca demais das outras se tornando vulnerável aos predadores.

Nem a Ciência explica…

A bela e sui generis Tira se trata de um espécime bem distinto que a Ciência, através da Biologia, ainda não chegou à uma conclusão sobre essa diferenciação genética e de outras diferenças que esse animal raro possa apresentar à nível comportamental, ao longo de sua existência.

É a natureza sempre nos surpreendendo e nos emocionando.

Talvez te interesse ler também:

ISSO NÃO É UMA ZEBRA! O ZOO EGÍPCIO QUE PINTOU UM BURRO DE PRETO E BRANCO

MILHÕES DE ANIMAIS ATROPELADOS NO BRASIL. COMO EVITAR ATROPELAMENTOS

COMO AJUDAR UM PÁSSARO FERIDO OU QUE CAIU DO NINHO

Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook