baleia jubarte encalhada
baleia jubarte encalhada

O intrigante caso da baleia jubarte encontrada morta em um manguezal

O caso de um filhote de baleia jubarte encontrado morto em área de difícil acesso em um manguezal, intrigou a mídia internacional e também a brasileira. Pois o animal, pelo seu tamanho, parecia ter ido parar ali de forma muito misteriosa.

A baleia fora encontrada no dia 21 a 15 metros da da praia do Araruna, na Reserva Extrativista Marinha de Soure (ICMBio/PA), arquipélago de Marajó. Trata-se de um filhote de cerca de um ano de idade com 8 m de comprimento, que provavelmente havia sido recentemente se emancipado da sua mãe.

O caso é intrigante porque as baleias jubartes migram e costumam ser vistas na costa brasileira mas não na costa da nossa região Norte e nem tampouco nesta época do ano. Os poucos avistamentos deste animal naquela região ocorreram apenas com animais adultos, como explicou O Liberal.

Além disso, a área onde o filhote de baleia foi encontrado é de difícil acesso, dentro de um mangue. Possivelmente, o fato de o animal não ter sido encontrado na praia, mas costa adentro, poderia ter relações com as elevações de marés.

Mas, como explica um post do “Projeto Bicho D’água: Conservação Socioambiental”, um projeto de pesquisa e conservação de mamíferos aquáticos no estado do Pará, é compreensível que uma carcaça vá parar dentro do manguezal, devido às macromarés comuns na Costa Norte do Brasil.

Realmente vendo o vídeo parece surreal que o filhote tenha ido parar ali. Infelizmente!

Agora, a equipe de pesquisa que trabalhou no caso está promovendo uma campanha para que a ossada do animal possa compor o acervo do Museu de Soure.

Talvez te interesse ler também:

NOTÍCIA OFICIAL: AUSTRÁLIA APROVA LEI PELO FIM DOS TESTES COSMÉTICOS EM ANIMAIS!

FILHOTE DE LEOPARDO É ENCONTRADO NA BAGAGEM DE UM PASSAGEIRO

TODOS CONTRA A CAÇA: EVITE ESSE RETROCESSO. ASSINE A PETIÇÃO

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é um site de informação sobre meio ambiente e saúde, criado para levar ao grande público, a consciência de que um mundo melhor é possível, através de um comportamento respeitoso com todas as formas de vida.

Veja Também

Animais, pedras e conchas: da praia nada se toca e nada se leva. É crime!

Quando se vai à praia, a primeira coisa que se deve ter em mente é …