Aconteceu na Índia: macaco alcoólatra condenado a prisão por ter se tornado violento

Não, não é ficção ou piada. Kalua é um macaco da Índia que foi condenado a viver para sempre no zoológico, pois virou alcoólatra e atacava as pessoas. Tudo culpa do seu antigo dono que dava bebida para ele.

De acordo com informações do site Gulf News India, Kalua era o macaco de estimação de um ocultista que dava bebida alcoólica a ele.

Devido a isso, o macaco tornou-se alcoólatra e, quando o ocultista morreu, Kalua tornou-se agressivo e começou a atacar as pessoas, criando o terror na cidade de Mirzapur.

Kalua chegou a morder mais de 250 pessoas na região, sendo que uma delas morreu. Diante disso, a equipe do zoológico de Kanpur teve que capturá-lo e levou-o para ficar em isolamento.

O macaco ficou em observação durante alguns meses, depois foi colocado em uma gaiola separada, mas mesmo depois de muito tempo, ele continuava agressivo.

O médico do zoológico, Mohd Nasir, disse que depois de três anos o comportamento dele mudou, mas acharam melhor mantê-lo em cativeiro para a segurança da população local.

Kalua tem seis anos de idade e é nativo de Mirzapur. Na jaula onde fica isolado, não fez nenhuma amizade, nem com o próprio guardião e, se permanecer com esse comportamento, não poderá mais ser libertado.

Pobre macaco, fadado à prisão por ter sido embebedado pelo falecido dono.

Talvez te interesse ler também:

O mundo é muito mais colorido aos olhos de um beija-flor. Ele vê cores que você nem imagina

A incrível migração de 64 mil tartarugas marinhas na Austrália registrada por drones

Ratos são inteligentes e limpos. Veja estas e outras razões para ter um rato de estimação

Fonte foto: NYPost

Sobre Eliane A Oliveira

Eliane A Oliveira
Formada em Administração de Empresas e apaixonada pela arte de escrever, criou o blog Metamorfose Ambulante e escreve para GreenMe desde 2018.

Veja Também

Teste do espelho: quais animais reconhecem o próprio reflexo?

Será que os animais conseguem reconhecer o próprio reflexo no espelho? Um teste desenvolvido por …