Informar-se

Energias limpas, energias renováveis ou energias alternativas?

  • por Leandro Knorre

Energias limpas

Quando se começou a falar de alimentos orgânicos, algum amigo mais preciosista (para não dizer “o chato de plantão”) observou que todos os alimentos são orgânicos (provêm de seres vivos, têm carbono em sua composição). Soja transgênica regada a agrotóxicos desde pequenininha também seria “orgânica” sob esse ponto de vista. Mas o nome pegou, convencionou-se chamar de orgânicos os produtos de origem agropecuária que não utilizam agrotóxicos, transgênicos, antibióticos, e que portanto são mais “naturais”. Pois bem: se eu quiser ser chatão, posso dizer que praticamente todas as fontes de energia são renováveis. Até o petróleo. Se deixarmos a matéria orgânica se decompondo por milhões e milhões de anos, eventualmente (se não formos extintos antes) poderemos renovar os estoques, certo? Mas convencionamos chamar de renováveis as fontes de energia que não demoram eras geológicas para ser se renovarem.

Como fazer renascer a agricultura em Fukushima após o acidente nuclear

  • por Daia Florios

Como fazer renascer a agricultura em Fukushima

Descontaminar o solo e assegurar o renascimento da agricultura após o desastre de Fukushima. Especialistas e voluntários trabalham desde 2011 para proporcionar uma nova oportunidade para os agricultores japoneses das áreas afetadas pela radioatividade.

São Paulo incentiva produção de energia renovável

  • por Martim Vicente

São Paulo incentiva produção de energia renovável

Você sabia que São Paulo poderia produzir energia para garantir o abastecimento de cerca de 4,6 milhões de residências? Tudo isso, utilizando o potencial de geração de energia solar, conforme atestou o expedido “Levantamento do Potencial de Energia Solar Paulista”, cujos dados apontam para a geração potencial de 12 TWh/ano.

Baía da Guanabara e lagoas do Rio de Janeiro pedem socorro

  • por Martim Vicente

Baía da Guanabara e lagoas do Rio de Janeiro

Lixo, esgoto lançado sem tratamento e um odor terrível. Este é o cenário comum a dois dos mais belos locais da cidade do Rio de Janeiro: a Baía de Guanabara e as Lagoas da Barra da Tijuca e Jacarepaguá, na Zona Oeste.

Como captar a energia do sol

  • por Martim Vicente

captar a energia do sol

Como todos sabemos, o Sol é, sem dúvidas, a maior fonte de luz e energia disponível para o planeta. Segundo levantamentos, a superfície terrestre recebe, em radiação solar, cerca de 1000 vezes mais do que o quantitativo de energia que seria necessário para alimentação energética da população mundial.