/informar-se/universo/8215-julho-mes-dos-eclipses-sol-lua

Julho, mês dos eclipses do Sol e da Lua!

  • atualizado: 
eclipse

O eclipse é um fenômeno que aguça nossa curiosidade e nossa imaginação, porque estimula a nossa vontade de apreciar o que ocorre quando Lua, Sol e Terra se alinham. Este ano teremos um eclipse solar em 2 de Julho e um eclipse lunar no dia 16 de Julho.

Veja como e quando ocorrerão esses eclipses e saiba de que forma apreciá-los.

O que é o Eclipse Solar e como vê-lo de forma segura

O eclipse solar ocorre quando a Lua se interpõe entre o Sol e a Terra e, em consequência disso, a luz do Sol é ocultada, de forma parcial ou total em uma determinada faixa terrestre,

Para ver o eclipse solar, é recomendável usar proteção nos olhos devido à ação direta dos raios solares que é prejudicial para a retina, correndo o risco de afetar a visão.

Uma forma de observar um eclipse solar é por meio da projeção, que consiste em fazer um pequeno buraco em um pedaço de papelão e direcioná-lo para o Sol, com você de costas para esse astro.

A luz solar penetrará neste pequeno orifício e para ver a projetação do eclipse solar precisará de um outro pedaço de cartolina no chão para funcionar como anteparo e refletir indiretamente a imagem do alinhamento entre Sol e Lua.

Existem outros métodos de ver de forma segura o eclipse solar, como usando óculos de solda e outros filtros especiais, sendo os mais recomendados os metálicos.

O uso de óculos escuros para ver o eclipse solar não é garantia de proteção para os olhos, já que não possuem filtros adequados para esse tipo de situação de incidência de raios solares.

A maneira mais segura para quem quer apreciar um eclipse solar é ir a um centro de observação astronômica, onde é possível ter um bom panorama do eclipse solar e ainda aprender mais sobre esse fenômeno com os especialistas em astronomia.

O Eclipse solar de Julho

No dia 2 de julho, o eclipse solar será visto de forma parcial em boa parte da América do Sul, incluindo o Brasil, aparecendo parte do Sol encoberto, mas, não ficará totalmente escuro.

Esse eclipse solar do dia 2 de julho só será totalmente visível em uma faixa estreita do céu do Chile e da Argentina.

No Brasil, em Porto Alegre, esse eclipse poderá se visto mais da metade do Sol ocultado, já no Rio de Janeiro e em São Paulo, será mais difícil desse fenômeno ser testemunhado.

Esse eclipse acontecerá durante o pôr do sol, ou seja, o Sol já estará próximo ao horizonte, se pondo, na maior parte dos locais, antes mesmo do eclipse parcial terminar.

Devido a esse posicionamento, no Brasil, o eclipse solar do dia 2 de julho aparecerá onde o Sol se põe, surgindo uma sombra decorrente de quando a Terra se coloca entre a Lua e o Sol.

Eclipse Lunar, como e quando ocorrerá

No dia 16 de julho, no eclipse lunar parcial, parte da Lua aparecerá encoberta.

O eclipse lunar acontece quando a Lua é ocultada totalmente ou parcialmente pela sombra da Terra.

Esse fenômeno pode ser visto a olho nu, pois a Lua é um satélite e não emite raios solar e o eclipse lunar é uma projeção do Sol na Lua, por isso, não é necessário nenhum filtro ou equipamento específico, mas, se quiser, pode utilizar para ver melhor esse fenômeno lunar, aparelhos como binóculo ou telescópio.

Esse eclipse será perceptível em áreas terrestres como: América do Sul, Europa, África, Austrália e Ásia.

Contemple e sinta esses momentos cósmicos

Agora que tem as informações básicas para ver estes eclipses, tenha bons momentos astronômicos com esses grandes astros cósmicos, não só fotografando, mas, sentindo e contemplando, pois estes são momentos únicos!

Talvez te interesse ler também:

PEPSI QUER PROJETAR SEU LOGOTIPO NO CÉU À NOITE USANDO SATÉLITES

OLHA COMO É UM BURACO NEGRO. A PRIMEIRA FOTO DA HISTÓRIA

BRASILEIRO MARCELO GEISER GANHA O PRÊMIO TEMPLETON, O NOBEL DA RELIGIÃO E ESPIRITUALIDADE

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!