Solstício de Verão 2018: curiosidades, o que é e sua influência em nossa vida

  • atualizado: 
Solstício de Verão

Está se aproximando a estação mais quente do ano e o momento que dá início à esta estação é o Solstício de Verão! Para quem não sabe bem o que é Solstício de Verão, neste conteúdo será explicado o que é, quando acontece e como este evento natural influi em nossa vida, além do seu sentido místico e espiritual em várias culturas.

 

1. O que é Solstício de Verão?

Trata-se de um movimento de precessão da Terra. O eixo da terra, acha-se inclinado por cerca de 23°, com relação ao plano da sua órbita. Em outros termos, o eixo da Terra acha-se na superfície de um cone de 23° e move-se lentamente durante 24.000 anos, o que dá origem ao fenômeno de precessão dos equinócios, conhecido desde a antiguidade.

A origem da palavra Solstício vem no latim “Solistitius”, que significa, Sol = junção de sol e sistere = parado.

O início do nosso verão é marcado pelo evento astronômico denominado Solstício de Verão, ou seja, o período em que o hemisfério Sul está inclinado cerca de 23º na direção do Sol.

Ao longo do ano o Sol move-se em uma trajetória denominada eclítica que "oscila" entre +23,5° (hemisfério norte) e -23,5° (hemisfério sul), nos soltstícios, a declinação é máxima (mínima) a partir daí, retorna, passando em março (setembro) pelo equinócio de inverno (verão).

solsticio

Fonte foto

Quando ocorre o solstício o dia fica mais longo, pois a inclinação em relação à Terra faz com que o Sol demore mais tempo para se pôr. Nos polos, no dia do Solstício ocorre 24 de horas de Sol ininterruptas.

O Sol ao atingir a declinação máxima, uma parte do planeta recebe a maior incisão de raios solares do ano. Em contrapartida, o lado aposto recebe o mínimo, dessa forma, um lado tem seu dia mais longo, marcando o início do verão e o outro o dia mais curto, começando o inverno.

Outros dois fatores que contribuem para o solstício, determinando a incidência dos raios solares sobre a Terra, são os seus movimentos de rotação e translação. Por conta desses movimentos acontece a distribuição desigual da luz sobre o planeta Terra.

2. Quando ocorre o Solstício de Verão em cada parte do planeta

No hemisfério norte o solstício de Verão acontece no mês de junho, precisamente no dia 21, enquanto no hemisfério sul acontece no mês de dezembro, dia 21. No Brasil, localizado no Hemisfério Sul, no dia que o Verão inicia, a radiação incide de forma vertical, principalmente nas cidades situadas na linha do Trópico de Capricórnio.

Durante o Solstício de Verão, os Polos Ártico e Antártico têm o seu dia mais longo marcado pela incisão dos raios solares por 24 horas. Esse fenômeno, para muitas culturas da Antiguidade, era um marco místico da vitória do dia sobre a noite, da Luz sobre as trevas.

Para as civilizações antigas, o Solstício de Verão marcava comemorações, cerimônias e rituais de contemplação, veneração e culto ao Sol.

3. O Natal e o Solstício de Verão

Os persas e os hindus, na antiguidade aproveitavam o Solstício de Verão para venerar o deus Mitra, símbolo do “Sol Invicitus”. Posteriormente, quando o Império Romano dominou estes povos, o imperador Aureliano incorporou esta prática de culto ao Sol, a religiosidade e mística romana, datando essa celebração no dia 25 de dezembro.

Durante longo período, a data fez parte de ritos pagãos, mas com o enfraquecimento das culturas pagãs e o advento do cristianismo, a data passou a ser celebrada como Natal, porque não havia um registro preciso da data oficial do nascimento de Jesus Cristo.

4. Solstício e suas influências em nossa História

Diversas datas e acontecimentos importantes de nossa História, surgiram em decorrência do solstício, alguns exemplos disso são:

  • como referência na localização e construção dos grandes monumentos das civilizações antigas
  • a utilização do solstício como referência para estudo da astrologia em nosso dia a dia e análise da influências do Sol sobre os signos e o mapa natal astrológico de cada indivíduo
 

5. Marco do Solstício de Verão em 2018

O Solstício de Verão de 2018/2019 está previsto para o dia 21 de dezembro, 19h22 ou 20h22, para estados com horário de verão, na sexta-feira, marcando nesta data o início do Verão no Hemisfério Sul, e o início do Inverno no Hemisfério Norte.

O verão 2018/2019 findará no dia 20 de março de 2019, às 18h57. O fim do verão é marcado pelo um fenômeno astronômico chamado Equinócio, período quando o Sol incide com maior intensidade nas regiões próximas à linha do Equador.

O Equinócio acontece no Brasil e em todo o Hemisfério Sul, no dia 20 de março de 2019 marcando o fim do verão 2018/2019. Quando ocorre o Equinócio, o dia tem a mesma duração tanto no Hemisfério Norte, como no Hemisfério Sul.

6. Cada estação tem a sua beleza!

O Verão sucede a Primavera e antecede o Outono. Esta estação é marcada no Hemisfério Sul, onde está localizado o Brasil, por dias mais longos e quentes, intercalados por chuvas constantes devido à rápida evaporação das águas pelo intenso calor do Sol.

Em alguma regiões do Brasil é época de praia, em outras de piscina, de poder andar com roupas mais leves e se refrescar tomando suco, água de coco ou sorvete. Cada estação tem seu atrativo e beleza, embora em alguns lugares essa estação possa ser marcada por situações adversas pela ação do homem na Natureza e nas cidades, como as enchentes ou a falta de água devido a seca dos açudes e reservatórios.

Apesar dessas questões, dias ensolarados irradiam mais energia, nos lembrando que o Sol nasce para todos, nos injetando força e ânimo para continuar a perseverar em nosso entusiasmo. Afinal, mesmo com todos os movimentos de nossa Vida, o Sol não deixa de voltar a brilhar !

Bom Solstício de Verão a todos! 🌞

Talvez te interesse ler também:

VERÃO 2018-19: MUITA CHUVA E MUITO CALOR!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!