Índios de Rondônia Correm Risco de Genocídio

  • atualizado: 
indios brasil

A possibilidade de uma tragédia na região Norte do Brasil tornou-se um caso de preocupação federal, pela possibilidade de genocídio de índios da região.

Em Rondônia conflitos entre madeireiros, criadores de gado, de um lado e de outro, índios da Terra Indígena Karipuna, estabelecidos nos municípios de Porto Velho e Nova Mamoré, estão sendo alertados pelo Ministério Público Federal como uma tragédia anunciada.

Conforme reportagem da Folha de São Paulo, os índios da região estão desprotegidos desde que a Funai parou de exercer fiscalização de atividades naquela área, a comunidade indígena está entregue à própria sorte e com risco de massacre por pessoas que estão explorando as riquezas naturais da região.

O governo de Rondônia não apresentou garantias reais aos indígenas que estão temendo por suas vidas, a exploração de madeira nativa da floresta já vem causando grave dano ambiental, e a possibilidade real da tribo daquela região ser dizimada, é o maior dano para o Brasil.

Em monitoramentos realizados na região foram observadas em imagens de satélite do Sistema de Proteção da Amazônia – Sipam, 88 focos de desmatamento neste ano com uma estimativa de mil hectares de árvores cortadas ilegalmente, para dar lugar a pastos e ocupação irregular das terras.

Embora o Ibama venha atuando na região com emissão de multas e embargos, as ações não vêm surtindo efeito numa terra relegada à segundo plano pelas autoridades que podem exercer ações repressivas mais efetivas e que permitam resguardar os interesse reais do Brasil.

A atuação conjunta solicitada pelo Ministério Público Federal, neste momento é para que a Polícia Militar de Rondônia, a Força Nacional, o Exército e o Ibama exerçam um papel de repressão e participação efetiva para acabar com esta situação.

Ações de fiscais realizadas em 2015 sofreram ameaças efetivas, com riscos de mortes destes agentes públicos, por pessoas que fazem a exploração ilegal de madeira e desmatamento na região e, estima-se que 50% de toda a madeira transportada na região, seja ilegal.

A verdade é que a tribo daquela região corre riscos reais de serem atingidas por uma catástrofe que certamente trará consequências imprevisíveis e danosas para todos nós.

Leia mais sobre índios x madeireiros:

ÍNDIOS X MADEIREIROS

ÍNDICE DE SUICÍDIO ENTRE ÍNDIOS GUARANI-KAIOWÁ É ATÉ 12 VEZES MAIOR QUE A MÉDIA NACIONAL

ÍNDIOS AMEAÇADOS DE EXTINÇÃO POR MADEIREIROS