Dakota Pipeline: vencem os Sioux (por enquanto)

Dakota Pipeline

O último trecho da Dakota Pipeline pode mudar de rumo. No momento vencem os Sioux, mas é preciso continuar a lutar para salvar suas terras ancestrais.

A Army Corp of Engineers neste domingo 4 de dezembro, anunciou que não irá conceder a permissão para construção da Dakota Access Pipeline no território de Dakota Sioux e que irá procurar uma rota alternativa. A tribo comemorou a notícia com seus cantos e danças ao ritmo de tambores mas, em qualquer caso, não existe certeza de que o governo e as empresas envolvidas na construção do oleoduto permitam estas mudanças.

Durante meses, membros das tribos Sioux e seus apoiadores entraram em campo para pararem a construção do oleoduto que ameaça poluir as águas do Lago Oahe, uma fonte importante para a sobrevivência deste povo.

Leia mais: DICAPRIO AO LADO DOS SIOUX E CONTRA O OLEODUTO (PETIÇÃO)

Como relatado pela CNN, os Sioux celebraram a sua primeira vitória mas ao mesmo tempo temem que a decisão de mudar a rota do oleoduto não seja permanente, seja pela incógnita das próximas decisões de Donald Trump seja porque os apoiantes da Dakota Pipeline podem fazer pressão para que a rota não seja alterada.

Portanto os ativistas não abandonarão seus lugares no protesto e continuarão defendendo estas terras ancestrais, mesmo com a chegada do inverno e com a queda da temperatura, na esperança de que a vitória dos Sioux seja de longa duração.

"Nos próximos anos poderão aparecer novas ameaças e não podemos deixar de protestar até que o projeto do oleoduto não seja completamente derrotado e até que nossas terras e águas estejam totalmente salvas”.

sioux dakota 1

sioux dakota 2

sioux dakota 3

sioux dakota 4

sioux dakota 5

Leia mais sobre os Povos da Floresta:

YANOMAMI, NOVAS FOTOS DA TRIBO ISOLADA EM RISCO DE EXTINÇÃO

COMO SAIR DA CRISE ECONÔMICA? DANDO TERRAS AOS ÍNDIOS, DIZ PESQUISA

AS VOZES SILENCIADAS DAS NAÇÕES INDÍGENAS