Califórnia proíbe cortesia de xampu e sabonete em hotéis para reduzir plástico

  • atualizado: 
xampu hotel

Sabe aquelas cortesias, como banho de espuma e xampu, fornecidas pelos hotéis aos seus hóspedes? O estado da Califórnia decidiu eliminá-las, com o objetivo de reduzir o plástico que é jogado fora todos os dias nas estruturas hoteleiras de seu território.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, assinou um projeto de lei que proíbe aos hotéis de fornecer xampus e banhos de espuma  embalados em plásticos. A medida entrará em vigor a partir de 2023 e, inicialmente, será aplicada nas instalações hoteleiras com mais de 50 quartos. Para todos os outros estabelecimentos, a proibição de frascos de plástico com produtos de higiene pessoal passa a valer em 2024.

A medida, no entanto, não envolverá hospitais, prisões, casas de repouso e abrigos para pessoas sem-teto.

Os hotéis que não respeitarem a proibição incorrerão em uma multa de 500 dólares por cada dia em que não cumprirem a regra. Se eles retomarem o uso de plástico mais tarde, poderão ver a multa crescer até 2 mil dólares.

Dessa forma, a Califórnia acredita de que reduzirá significativamente a quantidade de lixo plástico produzido diariamente pelos hotéis.

A legislação chega em um momento em que muitas cidades e empresas, em todo o mundo, estão adotando a proibição do plástico descartável, mesmo que de outras formas: garrafas de água, sacolas de compras, louças descartáveis, canudos, embalagens, etc.

Quanto aos Estados Unidos, a Califórnia está entre os primeiros na fila da luta contra os plásticos descartáveis, de uso único, sendo um dos primeiros estados americano a proibir sacolas plásticas em 2016. Até o estado de Nova York agora se moveu nessa direção e está tentando proibir o plástico descartável dos kits de banheiro de hotel com um novo projeto de lei.

Algumas redes de hotéis, como a Marriott International, já anunciaram planos de substituir embalagens plásticas descartáveis de sabonete, xampu e condicionador por dispensers ou frascos maiores. Um programa que planeja economizar 800 toneladas de plástico por ano.

No Velho Continente, a situação na Itália não é diferente. Quase 30 mil hotéis italianos já disseram não ao plástico de uso único, graças a um protocolo de entendimento entre o Ministério do Meio Ambiente e Federalberghi, a principal organização do setor turístico-receptivo no país.

Talvez te interesse ler também:

O QUE ACONTECE À VIDA QUANDO SE ELIMINA O PLÁSTICO. O EXEMPLO DE VANUATU

O LAPTOP ECOLÓGICO DE BAIXO CUSTO, É DE MADEIRA E FUNCIONA A ENERGIA SOLAR!

O PLANO DE RECICLAGEM DA NORUEGA QUE PODE SALVAR O PLANETA DO LIXO PLÁSTICO

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!