Mantas que literalmente nadam em um mar de plástico (Vídeo)

  • atualizado: 
mantas-plástico

Garrafas, copos, sacolas, canudinhos e muito mais. Não estamos em um aterro sanitário que separa o plástico, mas em águas costeiras perto de Bali, onde o mergulhador britânico Rich Horner filmou um espetáculo de horror, devastador.

Manta Point, perto da ilha de Nusa Penida, a maior das três ilhas ao largo da costa sudeste de Bali está inundada por todo tipo de resíduo e os peixes são forçados a nadar em meio ao lixo.

No dia 3 de março, Rich Horner publicou um vídeo realmente incrível em seu perfil no Facebook, que nos faz enxergar novamente como é a situação da poluição em nossos mares, e sobre a necessidade de encontrar uma solução o mais rápido possível para que a profecia não se torne realidade: a de que em até 2050 haverá mais plástico no mar do que o peixes.

"As correntes oceânicas nos deram águas-vivas, plâncton, folhas, ramos, etc. ... Oh, e plástico. Algumas sacolas plásticas, garrafas, copos, baldes, cestas de plástico, plástico, plástico, muito plástico!", escreve o mergulhador.

No vídeo você vê Horner nadando em Manta Point, um lugar famoso porque ali estão as mantas que eliminam os parasitas dos peixes menores. 

"Surpresa, surpresa, não havia muitas mantas ali na estação de limpeza hoje, talvez elas decidiram não perturbar o plástico", ele continua.

O show é realmente alarmante: o plástico flutua em todos os lugares e até mesmo gruda no corpo e na câmera, o mar está podre e a superfície está literalmente entupida de lixo.

"Matéria orgânica, frondes de palmeiras, cocos, ramos, folhas, raízes, troncos de árvores, etc., naturalmente, também as algas são completamente naturais, mas o plástico não é".

No dia seguinte, todos esses resíduos aparentemente desapareceram e as mantas voltam. Na realidade, no entanto, essa massa de lixo continua sua jornada para o Oceano Índico para destruir cada vez mais ecossistemas marinhos.

Não por acaso, a Indonésia é considerada a segunda nação mais poluída do mundo, depois da China. Bali, que há muito tem sido considerado um destino paradisíaco, agora tem uma reputação pouco convivial devido à excessiva poluição. Obviamente, a solução está lá e é reduzir, reutilizar e reciclar, especialmente porque vídeos como os de Horner não são raros.
 
Cerca de um mês atrás, Lauren Jubb também compartilhou um cenário semelhante sempre filmado em Manta Point em fevereiro.

"Eu nunca fiquei tão horrorizado e assustado por ver tanto lixo na baía, as mantas tinham sacos na boca e estavam nadando no lixo à procura de comida", disse Lauren no Facebook.

Talvez te interesse ler também: 

10 DICAS PARA DIMINUIR O LIXO PLÁSTICO NO DIA A DIA

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!