Sou resíduo zero, e você? Programa convida todos à redução do lixo

"O que você irá deixar para o mundo?" Sempre que pensamos nisso, os primeiros pensamentos que circulam em nossas mentes são sobre os nossos filhos, netos, a educação que deixamos para eles e o suporte financeiro. Talvez uma obra, de qualquer tipo, aqui e acolá. Mas quando essa pergunta é feita no site do programa “Sou Resíduo Zero”, o legado proposto é deixar para a humanidade sua marca, mas para o mundo, nenhum resíduo.

Isso mesmo! O programa propõe o conceito de resíduo zero, literalmente, e tem como objetivo o desenvolvimento de um sistema econômico, ético, eficiente e visionário na orientação das pessoas para que mudem seus estilos de vida e práticas na fomentação de ciclos mais naturais, com os resíduos descartados tornando-se recursos em materiais para outros produtos por meio da reciclagem.

Política Nacional dos Resíduos Sólidos

A Política Nacional dos Resíduos Sólidos (PNRS) foi instituída pela Lei Federal número 12.305/2010 e concedeu, em 2014, prazo até o mês de agosto deste ano, para a destinação final ambientalmente adequada de todos os resíduos e rejeitos do país.

Infelizmente, a meta deve passar longe de ser cumprida por Lei Federal somente. A geração de resíduo sólido urbano no Brasil em 2013 foi de 76.387.200 toneladas, valor 4,1% superior a quantidade acumulada de 2012. O índice, inclusive, é superior à taxa de crescimento populacional, 3,7%, o que prova que os hábitos do consumo desenfreado e a falta de educação direcionada à reciclagem, são os principais inimigos do meio ambiente quando o assunto são resíduos sólidos.

Como atingir o resíduo zero?

O objetivo do programa é angariar o máximo de pessoas, empresas e comunidades a planejarem e gerenciarem corretamente seus resíduos. Visando reduzir drasticamente a criação de resíduos e em uma enorme mudança no atual fluxo de materiais em toda a sociedade.

Como o próprio programa se define: “Sou Resíduo Zero abrange mais do que a eliminação de resíduos através da reciclagem e reutilização, este incide sobre a reestruturação dos sistemas de produção e distribuição para reduzir o desperdício.”

Segundo os dados do Zero Waste International Alliance (ZWIA), uma empresa e uma comunidade só podem ser classificadas como bem-sucedidas na implementação do programa, se alcançarem 90% do desvio dos resíduos para aterros e incineradores diretamente para reciclagem ou reutilização.

Medidor

No site do Sou Resíduo Zero há um medidor que contabiliza a quantidade de resíduos destinados a coleta seletiva e compostagem de todos os participantes do programa. O medidor é atualizado constantemente e, até o fechamento deste artigo, mais de 670.544,23 quilos de resíduos foram aproveitados pelas pessoas, comunidades e empresas engajados no programa.

Que tal se engajar nessa luta e tentar produzir o mínimo de lixo, reciclando e reutlizando o máximo possível?

Leia também:

UM ANO SEM PRODUZIR LIXO: A EXPERIÊNCIA DE UMA BRASILEIRA

10 DICAS PARA DIMINUIR O LIXO PLÁSTICO NO DIA A DIA

O PLANETA NÃO SUPORTA MAIS LIXO

Fonte foto: souresiduozero