A menina que começou seu negócio aos 4 anos e hoje tem 500 lojas

  • atualizado: 
Me & the bees

Quer conhecer uma história que é puro mel? Trata-se da história de uma menina que teve todo o apoio dos pais para realizar um sonho!

Mikaila Ulmer é uma menina de apenas 13 anos que hoje tem o produto que criou em mais de 500 lojas nos Estados Unidos: limonada. A menina, que tirava nota “C” em matemática, conta ter pouco tempo para estudar porque precisa administrar o seu negócio, do qual é fundadora e chefe, de acordo com matéria da BBC.

Mikaila divide o tempo entre o seu empreendimento, a escola e palestras sobre empreendedorismo. "Às vezes, tenho que faltar aula para dar uma entrevista, viajar ou participar de um programa de televisão. Outras vezes perco alguma coisa porque tinha uma prova ou algum projeto da escola", conta entusiasmada.

O negócio de Mikaila é tão bem-sucedido que, hoje, vende cerca de 360 mil garrafas de limonada anualmente, o que fez da menina uma das empresárias mais jovens dos Estados Unidos, o país da supervalorização do empreendedorismo individual.

O incrível da história de Mikaila não está apenas aí. Aos 4 anos, ela deu início ao negócio quando começou a vender limonada, em 2009, com a ajuda dos pais. Usando uma receita de limonada de sua bisavó, ela colocou uma mesa em frente de casa e começou a vender o refresco.

Empreendedorismo e meio ambiente

A limonada foi ganhando o gosto da freguesia até ela começar a vendê-la em uma pizzaria local. Aos poucos o negócio foi crescendo até ela começar a doar 10% do lucro para grupos de conservação ambiental.

Isso porque a limonada é adoçada com mel, o que fez Mikaila ser picada duas vezes por abelhas em duas semanas. Os pais a motivaram, então, a pesquisar sobre abelhas para entender o seu papel na polinização.

Foi assim que Mikaila decidiu doar parte do dinheiro que ganha com o negócio para entidades que protegem abelhas produtoras de mel.

Liderança

Embora os pais de Mikaila participem do negócio, é ela quem cuida de quase tudo. A menina conta que: "No início era só eu, espremendo limonada na minha barraca, mas aí meus pais desenharam uns adesivos legais para os copos".

Mas o negócio foi crescendo e ela já não dava mais conta de fazer tudo sozinha. Até que pediu ajuda aos pais para apoiá-la com questões como logomarca, procurar uma fábrica e lojas para vender o produto.

Os pais de Mikaila têm experiência em vendas e marketing, o que a ajudou a impulsionar o empreendimento. Entretanto, eles nunca haviam trabalhado com gêneros alimentícios.

Mikaila afirma que o grande diferencial da sua empresa foi o trabalho em equipe. Ela analisa: "Somos co-CEOs porque eu tomo as decisões que meus pais não tomam e eles tomam as que eu não tomo". Ou seja, cada um faz a sua parte. Ela também reconhece que, por ser muito jovem, não sabe de tudo e precisa considerar a opinião dos pais.

O auge do negócio veio quando a empresa de Mikaila assinou um contrato com a rede de supermercados Whole Foods, que ficou impressionada com a visão empreendedora e de conscientização da menina sobre a polinização.

Depois disso não pararam os investimentos: a loja de roupas Fubu investiu US$ 60 mil (cerca de R$ 227 mil) e um consórcio de jogadores de futebol americano investiu mais US$ 800 mil (pouco mais de R$ 3 milhões) no negócio de Mikaila.

A menina também ganhou prêmios para jovens empreendedores negros e foi recepcionada pelo ex-presidente Barack Obama na Casa Branca em um evento de mulheres.

Uma história de sucesso, mas de força e de crença

Embora o produto de Mikaila seguramente seja bom, é a história por trás dele que deu uma força para o negócio alavancar.

Quantas vezes os pais descreditam das capacidades dos filhos? Esta história nos fala da importância da força mas também do acreditar. Ninguém em sã consciência diria que vender limonada na porta de casa pudesse levar à abertura de 500 lojas.

Hoje em dia, a jovem não pensa em largar os estudos e diz estar entusiasmada para começar o colegial. Mas, com o espírito empreendedor que tem, ela diz querer abrir outras empresas, porque “ter só uma é meio chato".

Com as ideias inovadoras de Mikaila quem duvida que ela realizará mais esse sonho?

Talvez te interesse ler também: 

setaCOMO ESTIMULAR A AUTONOMIA DAS CRIANÇAS

 

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!