A menor cafeteria do mundo é green

menor cafeteria do mundo é green

É provavelmente a menor e mais eco-friendly cafeteria do mundo. Tem duas rodas e funciona com energia solar. Seu custo é de cerca de 1% do valor comparado ao que seria necessário para abrir um Starbucks, por exemplo. Chama-se Wheely's e está arrecadando fundos no Indiegogo com o lema: "Mude o mundo. Uma pedalada de cada vez”.

A pequena cafeteria está contida em um veículo de duas rodas hi-tech e é equipada para servir café, sanduíches e bebidas geladas. Já testada com sucesso em vários países ao redor do mundo, Wheely's foi inventada por um grupo de suecos, que prometem com a pequena cafeteria ganhar cerca de US$ 700 por dia, apesar dos baixos custos do investimento inicial.

Quanto você precisa para abrir esta cafeteria um em sua cidade? 3.450 dólares para cada cafeteria ou o pacote de 5 ou 10 cafeterias, respectivamente, por 14.000 e 27.000 dólares.

"Nós já vendemos e entregamos mais de 30 Wheely's em todo o mundo, incluindo o Canadá, Chile, Alemanha, Índia, Jordânia, Cingapura e Estados Unidos. Agora vamos lançar as Wheely's 2.0, uma cafeteria nova e melhorada”.

Conheça o "wheeler" Adam na Suécia

E este é o Muath, da Jordânia

Sim, porque o primeiro modelo foi reforçado de conectividade, mas Wheely's não é apenas um vendedor ambulante de café. "É um movimento global" dizem os criadores no Indiegogo.

O café é uma das mais rentáveis bebidas produzidas, pensaram inicialmente inventores. Wheely's tem todas as vantagens de uma marca global, franquia, mas com um custo muito menor. “Por mais de dois anos, temos desenvolvido uma Superbrand global; um site bem desenhado, presença na mídia social, um centro de imprensa, estratégias de marketing, uma comunidade global", explicam.

Wheely's possui recursos inteligentes, como a possibilidade de fazer o pedido via smartphone, e foi testada por mais de dois anos, das neves da Suécia aos desertos da Jordânia. E funciona sem produzir um único grama de CO2.

A captação de recursos começou ontem e terminará no dia 28 de fevereiro. Se a equipe conseguir chegar aos 30 mil dólares necessários, até março, veremos um grande número de Wheely's nas cidades do mundo.

Leia também: BagAj, a "bicicleta-ferreiro", pedalada para enfrentar a crise e valorizar o meio ambiente

Fonte fotos: Facebook