Mais telhados verdes e árvores em NY - US$106 milhões de investimento para combater o calor

  • atualizado: 
Nova York

Este é o valor do investimento que a cidade de Nova York vai fazer para tentar driblar o efeito das “ilhas de calor” que fazem sofrer sua população. Telhados verdes e mais árvores, muito mais.

Nas cidades grandes, onde a densidade de construções em concreto é muito alta, o calor fica concentrado em ilhas, sem conseguir dissipar-se, mesmo em ambiente aberto.

A proposta novaiorquina visa “dar um jeito”, ou tentar amenizar o problema na cidade, plantando árvores nas ruas e quintais, povoando os telhados de massa verde.

O calor em excesso mata, por ano, mais de 12 mil pessoas e, nesse grupo, os idosos são as maiores vítimas seguidos de perto pelas crianças.

seta

Leia mais: COMO NÃO MORRER DE CALOR NO VERÃO (SIM, MORRER DE CALOR É POSSÍVEL)

Nova York se assustou pois, especialistas afirmam que, até 2050 a cidade sofrerá um aumento bastante significativo da sua temperatura média. Foi este fato que motivou o prefeito atual, Bill de Blasio, a anunciar o investimento dos 106 milhões de dólares em um programa governamental - Cool Neighborhoods NYC - que prevê a instalação dos telhados verdes e o plantio de árvores nos parques públicos..

O Cool Neighborhoods NYC está direcionado para as comunidades mais vulneráveis e, segundo o diagnóstico da prefeitura, 80% do valor do investimento será destinado para aumentar a cobertura vegetal das regiões ao sul do Bronx, central do Brooklyn e ao norte de Manhattan.

Outra parte deste programa prevê a cobertura de 2,5 milhões de m2 de telhados públicos e particulares com áreas vegetadas - gramados, jardins, hortas - pinturas em branco, nas paredes (a cor branca, como se sabe, reflete a maior parte da luz solar, aumenta a luminosidade interior das casas e reduz a quantidade de calor que entra pelo teto e paredes). Nos outros bairros da cidade a prefeitura aumentará o replantio das árvores.

“A mudança climática é um punhal voltado para o coração da nossa cidade e o calor extremo é a ponta da faca”. “Esta é uma questão de equidade: verões mais quentes, exacerbados pelas mudanças climáticas, são uma ameaça que recai desproporcionalmente sobre as comunidades mais pobres.” Assim se expressou de Blasio, em comunicado oficial.

Outro benefício deste programa é o aumento da taxa de infiltração das chuvas no solo exposto com vegetação o que reduzirá, se espera, os problemas ocasionados por enchentes em zona urbana.

Nova York atinge temperaturas médias de 30ºC nos meses de julho e agosto, pico do verão, porém a sensação térmica é muito mais alta (costuma atingir os 35ºC) como efeito do concreto, asfalto e cores escuras que predominam na cidade. Em 2016, na última grande onda de calor, 140 pessoas morreram na cidade como sua decorrência.

Você pode se interessar também:

setaQUER IR PARA NOVA YORK MAS ESTÁ SEM GRANA? CONFIRA DICAS PARA IR GASTANDO POUCO

setaO QUE É SENSAÇÃO TÉRMICA?

setaTELHADOS VERDES: UMA ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA OS GRANDES CENTROS URBANOS

setaA TERRA MORRENDO DE CALOR: 2016, O ANO MAIS QUENTE DA HISTÓRIA

setaEM NOVA IORQUE, UMA ANTIGA FERROVIA É HOJE UM FANTÁSTICO PARQUE ZEN

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!