Mais telhados verdes e árvores em NY - US$106 milhões de investimento para combater o calor

  • atualizado: 
Nova York

Este é o valor do investimento que a cidade de Nova York vai fazer para tentar driblar o efeito das “ilhas de calor” que fazem sofrer sua população. Telhados verdes e mais árvores, muito mais.

Nas cidades grandes, onde a densidade de construções em concreto é muito alta, o calor fica concentrado em ilhas, sem conseguir dissipar-se, mesmo em ambiente aberto.

A proposta novaiorquina visa “dar um jeito”, ou tentar amenizar o problema na cidade, plantando árvores nas ruas e quintais, povoando os telhados de massa verde.

O calor em excesso mata, por ano, mais de 12 mil pessoas e, nesse grupo, os idosos são as maiores vítimas seguidos de perto pelas crianças.

seta

Leia mais: COMO NÃO MORRER DE CALOR NO VERÃO (SIM, MORRER DE CALOR É POSSÍVEL)

Nova York se assustou pois, especialistas afirmam que, até 2050 a cidade sofrerá um aumento bastante significativo da sua temperatura média. Foi este fato que motivou o prefeito atual, Bill de Blasio, a anunciar o investimento dos 106 milhões de dólares em um programa governamental - Cool Neighborhoods NYC - que prevê a instalação dos telhados verdes e o plantio de árvores nos parques públicos..

O Cool Neighborhoods NYC está direcionado para as comunidades mais vulneráveis e, segundo o diagnóstico da prefeitura, 80% do valor do investimento será destinado para aumentar a cobertura vegetal das regiões ao sul do Bronx, central do Brooklyn e ao norte de Manhattan.

Outra parte deste programa prevê a cobertura de 2,5 milhões de m2 de telhados públicos e particulares com áreas vegetadas - gramados, jardins, hortas - pinturas em branco, nas paredes (a cor branca, como se sabe, reflete a maior parte da luz solar, aumenta a luminosidade interior das casas e reduz a quantidade de calor que entra pelo teto e paredes). Nos outros bairros da cidade a prefeitura aumentará o replantio das árvores.

“A mudança climática é um punhal voltado para o coração da nossa cidade e o calor extremo é a ponta da faca”. “Esta é uma questão de equidade: verões mais quentes, exacerbados pelas mudanças climáticas, são uma ameaça que recai desproporcionalmente sobre as comunidades mais pobres.” Assim se expressou de Blasio, em comunicado oficial.

Outro benefício deste programa é o aumento da taxa de infiltração das chuvas no solo exposto com vegetação o que reduzirá, se espera, os problemas ocasionados por enchentes em zona urbana.

Nova York atinge temperaturas médias de 30ºC nos meses de julho e agosto, pico do verão, porém a sensação térmica é muito mais alta (costuma atingir os 35ºC) como efeito do concreto, asfalto e cores escuras que predominam na cidade. Em 2016, na última grande onda de calor, 140 pessoas morreram na cidade como sua decorrência.

Você pode se interessar também:

setaQUER IR PARA NOVA YORK MAS ESTÁ SEM GRANA? CONFIRA DICAS PARA IR GASTANDO POUCO

setaO QUE É SENSAÇÃO TÉRMICA?

setaTELHADOS VERDES: UMA ALTERNATIVA SUSTENTÁVEL PARA OS GRANDES CENTROS URBANOS

setaA TERRA MORRENDO DE CALOR: 2016, O ANO MAIS QUENTE DA HISTÓRIA

setaEM NOVA IORQUE, UMA ANTIGA FERROVIA É HOJE UM FANTÁSTICO PARQUE ZEN