Horta comunitária no Capão Redondo: 80 m2 de hortaliças para quem precisar

  • atualizado: 
Horta comunitária Capão Redondo

São Paulo é uma cidade com escassos 2,88m² de parques e praças por habitante. E o recomendado pela ONU é que existam, no mínimo, 12m² de área verde por morador. Mas, São Paulo tem, cada vez mais, hortas comunitárias, isso sim!

Assim surgiu a horta comunitária no Capão Redondo - 80 m2 de hortaliças para quem precisar, uma iniciativa da ONG Pé de Feijão, negócio social incubado pela Yunus que tem a missão de “espalhar hortas comunitárias pela capital paulista”.

Com esse projeto aumenta-se a área verde disponível e se melhora a qualidade da alimentação da população e, em tantos casos, se incrementa o uso de hortaliças e legumes que são preteridos em tempos de crise financeira e dinheiro curto.

A horta do Capão Redondo tem financiamento coletivo - uma área ao lado da Fábrica de Criatividade que é um centro cultural promotor de inclusão social da comunidade do entorno.

Essa horta é livre - a comunidade é sua dona, cultivadora e mantenedora. Na hora de plantar e de colher todos os moradores são convidados a participarem - a proposta inclui oficinas de alimentação saudável.

Uma boa iniciativa que pede sua colaboração para se manter:

Leia mais sobre as hortas comunitárias:

setaCOMO CRIAR UMA HORTA COMUNITÁRIA EM 7 PASSOS
setaHORTAS PRODUTIVAS EM PEQUENOS ESPAÇOS
setaHORTA CIRCULAR - COMO APROVEITAR MELHOR A ÁGUA, O SOLO E O SOL
setaHORTAS URBANAS EM SÃO PAULO: UMA FORMA SUSTENTÁVEL DE BEM VIVER

Fonte foto capa

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!