Três dias de chuvas em Santa Catarina deixam 27 cidades afetadas pelas enchentes e deslizamentos de encostas

Três dias de chuvas em Santa Catarina

A chuva que atingiu Santa Catarina neste final de semana deixou 27 cidades prejudicadas, 670 desabrigados e pelo menos 16 mil pessoas desalojadas. A contabilização é da Defesa Civil até final da manhã desta segunda-feira. As áreas atingidas continuam a ser monitoradas pelo órgão, que tem equipes atuando diretamente nos municípios. A região Norte de Santa Catarina foi a mais atingida com as chuvas, que chegaram ao Estado por causa de uma frente fria.

O deslocamento da frente fria de madrugada faz o tempo melhorar nesta segunda-feira com a entrada de uma massa de seco. Por volta das 20h30min de domingo, a situação começou a se normalizar em cidades do Norte, com os níveis dos rios se estabilizando.

Até as 13h, seis municípios decretaram situação de emergência — Corupá, Major Vieira, Rio das Antas, Vitor Meireles, Presidente Getúlio e Santa Terezinha. Outras seis cidades comunicaram situação similar, mas não tiveram decreto oficializado até o fim da manhã de segunda-feira — Canoinhas, Jaraguá do Sul, Mafra, Rio dos Cedros, Timbó e Três Barras. Rio Negrinho decretou estado de calamidade pública e a Defesa Civil aguarda documentação para confirmar o mesmo estado em Guaramirim.

O município de Jaraguá do Sul foi o mais atingido. Choveu na cidade 353 milímetros em três dias. O Exército está na cidade desde a manhã de domingo para ajudar na operação. Já em Rio Negrinho, o terminal rodoviário ficou coberto pela água, que passou de 9 metros em alguns pontos da cidade. Choveu mais de 300 milímetros na cidade que registrou 15 deslizamentos sem vítimas. Em Canoinhas, também no Planalto Norte, os moradores chegaram a abrir uma rua para escoar a água que invadiu as casas. O nível do rio Canoinhas que é de 1 metro em dias normais chegou a 5 metros e 60 centímetros. Em Guaramirim houve também diversos deslizamentos e desmoronamentos na cidade. No mais grave, duas crianças e dois adultos ficaram feridos.

De acordo com informações do governo estadual, as aulas foram canceladas nesta segunda-feira em 15 municípios catarinenses: Jaraguá do Sul, Corupá, Massaranduba, Schroeder, Guaramirim, Papanduva, Luiz Alves, Rio Negrinho, Mafra, Itaiópolis, Doutor Pedrinho, Benedito Novo, Timbó, Rodeio e Rio dos Cedros.

Blumenau também teve as aulas da rede estadual suspensas na manhã desta segunda, e em Indaial as Escolas Arapongas e o Colégio Municipal estão sem aulas por servirem de alojamento para desabrigados. A rodovias que cortam as regiões atingidas ainda estão sem previsão de liberação, pelo menos até as 17hrs dessa segunda-feira, devido à deslizamentos e alagamentos.

A história se repete. No ano passado o estado ficou debaixo d'água em setembro. Não podemos prevenir esses desastres? E como não?!

Leia também: Agências meteorológicas indicam alta probabilidade de ocorrência de El Niño em 2014

Fonte foto: fotospublicas.com