São Paulo: grande destaque do IFDM 2014

São Paulo: grande destaque do IFDM 2014

Você sabe quais são os municípios brasileiros com maiores índices de desenvolvimento? Conheça-os agora, através do mais IFDM 2014.

A Federação das Indústrias do Rio de Janeiro – FIRJAN –, desde 2008 vem fazendo um grande trabalho de levantamento dos dados importantes sobre o desenvolvimento municipal do país. O Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal – IFDM – é o produto desses estudos e tem se configurado em um dos mais amplos mecanismos de estudo sobre a realidade brasileira e suas particularidades.

São Paulo: um estado campeão

O estado de São Paulo concentra as primeiras 11 cidades do ranking IFDM e, além disso, 98,9% – ou 638 – de seu total de 645 municípios, é caracterizado como de patamar de desenvolvimento nas categorias alto – média de 0,8 ou superior, de um total de 1,0 – ou moderado - entre 0,6 e 0,8, de 1,0 no máximo. 67 cidades paulistas ocupam as 100 primeiras posições do ranking IFDM. No ranking das capitais brasileiras, São Paulo ocupa a 2ª posição, com IFDM 0,8642, atrás apenas de Curitiba – cuja pontuação foi de 0,8678. A cidade apresentou alto desenvolvimento no IFDM-Educação (0,8948) e no IFDM-Saúde (0,9073) e desempenho moderado no IFDM-Emprego e Renda (0,7905).

Educação é a chave do sucesso paulista

O maior destaque do IFDM no estado de São Paulo foi na área da educação, em que 622 cidades (96,4%) exibiram alto desenvolvimento, sendo que quatro delas, Santa Salete, Borá, Gabriel Monteiro e Marinópolis, registraram nota máxima. Das 100 maiores notas do ranking nacional do IFDM Educação, 96 são de municípios pertencentes a São Paulo. Na vertente Saúde, tal desempenho foi atingido por 315 (48,8%). Já na dimensão Emprego e Renda, 301 municípios paulistas (46,7%) apresentaram classificação regular e 59 dos mesmos (9,1%), baixa.

O top 10 de cidades do IFDM 2014

Os 10 primeiros colocados no ranking paulista coincidem com o topo da classificação nacional, estando todos eles com pontuação superior a 0,9 ponto nas áreas de Educação e Saúde. A cidade de Louveira ocupa o 1º lugar, principalmente pelo ótimo desempenho em Emprego e Renda (0,8807), a 4ª maior nota do país nesse quesito. Outras seis cidades conseguiram manter-se no top 10 paulista na comparação com o ano anterior: São José do Rio Preto, São Caetano do Sul, Barueri, Votuporanga, Amparo e Indaiatuba. Os outros três municípios entre os 10 melhores do estado, Santos, Vinhedo e Jundiaí, apresentaram avanço nas três dimensões analisadas e, com isso, alcançaram uma posição no topo do ranking estadual, com destaque para Vinhedo, que subiu da 82ª para a 8ª colocação.

Fonte foto: fotospublicas.com