Você conhece o IFDM?

conhece o IFDM?

Como vão as nossas cidades? Quais são as melhores e as piores posicionadas em um ranking de qualidade de vida? O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal – IFDM – tentará dar caminhos para responder a estas questões.

Imagine o quanto pode acontecer em um ano? Muitas transformações, não é mesmo? E isso se pensarmos em nossas próprias vidas, mas imagine o que representa esse período para um coletivo de pessoas, digamos, que vivam em uma mesma cidade?

Inspirado no índice de Desenvolvimento Humano – IDH – da Organização das Nações Unidas, desde 2008 o IFDM se detém, igualmente, sobre três eixos centrais: Emprego e Renda; Educação; Saúde. A especificidade em relação ao IFDN, é que esse levantamento tende a dar foco às questões relativas a um município, de forma mais detalhada, mediante aspectos como:

• Número de empregos com carteira assinada e direitos trabalhistas;

• Educação de qualidade – crianças em creches e pré-escolas, além de professores com Ensino Superior;

• Saúde – Consultas pré-natal e outros.

São 5.565 municípios ao todo no Brasil; isso mostra como tal iniciativa é relevante, para que se tenha um panorama mais multifacetado do país. Além disso, o foco não fica sendo tanto a área econômica, em nível nacional, mas se revelam as necessidades reais e avanços que as mais variadas regiões do Brasil foram capazes de acompanhar.

O IFDM cruza dados dos municípios e dos Ministérios da Educação, da Saúde e do Trabalho – além dos levantamentos locais – para que esse Índice tenha abrangência nacional, mas com o corte municipal e uma atualização ano a ano.

Em relação à medição, o IFDM varia de 0 a 1,0 e, assim, os municípios ganham conceitos que são: Baixo, Regular, Moderado e Alto. Assim, pode ser montado o mosaico da realidade nacional, sob alguns dos seguintes aspectos:

• Redução da desigualdade social;

• Ascensão da região Centro-Oeste aos padrões do Sudeste;

• Transformação da região Nordeste.

Esses dados são passíveis de promover novos instrumentos para cobrança de resultados do Poder Público e seus compromissos assumidos.

Para mais informações, acessar o site oficial da Firjan, clicando aqui.

Conheça o grande destaque 2014 do IFDM, clicando aqui.

Fonte foto: freeimages.com