Adeus aos ruivos e aos olhos azuis?

ruivos e aos olhos azuis

Olhos azuis e cabelos ruivos. A mudança climática não estaria apenas causando catástrofes do tipo derretimento das geleiras, elevação do nível do mar e fome no mundo, mas também seria a causa de verdadeiras mutações genéticas, inclusive em seres humanos.

Jornais renomados como The Independent e Scotland Now divulgaram uma pesquisa, supostamente realizada por uma empresa que faz testes de DNA, a ScotlandsDNA, que chegaria à conclusão de que as mudanças climáticas e o aumento da temperatura (mais de dois graus Celsius até o final do século), em um país como a Escócia, o tornaria mais quente e ensolarado, e as características típicas do povo, como cabelo vermelho flamejante e os olhos azuis, poderiam ser extintas.

Por que? De acordo com a suposta pesquisa, o gene que determina os cabelos ruivos teria evoluído graças aos céus nublados e à falta de luz solar, típicos daquelas regiões, para compensar a deficiência de vitamina D. Ou seja, os cabelos vermelhos na Escócia, Irlanda e no norte da Inglaterra, seriam o resultado de uma adaptação ao clima deles.

"Eu acho que a razão para a existência de pele clara e dos cabelos ruivos - diz Alistair Moffat, suposta diretora executiva da ScotlandsDNA - é que não tomamos bastante sol e nós temos que tomar tanta vitamina D. Se o clima está mudando, então o gene também deverá mudar."

Cerca de 13% das pessoas que vivem na Escócia, têm o cabelo vermelho, principalmente na área de Edimburgo; enquanto no Reino Unido e na Irlanda, o número de ruivos é de cerca de 20 milhões.

Tudo isso faz muito sentido e poderia ser verdade. Mas no site da ScotlandsDNA não se encontra nenhuma pesquisa que fundamente as notícias dadas nos jornais citados. Enquanto isso, desconfiamos que seja mais uma das loucuras da rede talvez para tentar conter o preconceito que estas lindas criaturas, os ruivos, infelizmente sofrem em seus países.

Como se diz por aí, na internet, hay de todo!

Fonte foto: ScotlandsDNA