Vida na Terra em grandíssimo perigo, alertam 500 cientistas

  • atualizado: 
Vida na Terra

A variedade de formas de vida na Terra, chamada de diversidade biológica, está em declínio em todas as regiões do mundo, o que significa que a natureza está reduzindo a sua capacidade de contribuir para o bem-estar das pessoas. Essa alarmante tendência coloca em risco não apenas o meio ambiente, como os próprios seres humanos, de acordo com mais de 500 estudiosos que redigiram informes públicos sobre a questão.

A espécie Homo sapiens, cuja expressão em latim significa “homem sábio”, surgiu há cerca de 350 mil anos e o seu comportamento moderno, próximo ao que somos hoje, foi adquirido há 50 mil anos. Entretanto, evidências arqueológicas publicadas em um estudo de 2017 sugerem que a humanidade pode ter se espalhado pela África há mais tempo, aproximadamente 300 mil anos.

Os seres humanos são seres sociais por natureza e se comunicam uns com os outros graças à sua capacidade simbólica inata. Embora eles desenvolvam redes sociais complexas de cooperação, também são capazes de destruir o seu ambiente e, segundo um boletim da Plataforma Intergovernamental Científico-Normativa sobre Diversidade Biológica e Serviços dos Ecossistemas (IPBES), até mesmo a própria espécie está se colocando em risco.

A pesquisa é resultado de três anos de trabalho cooperativo de quatros avaliações regionais sobre diversidade biológica e serviços dos ecossistemas em todo o planeta. 

O presidente da IPBES, Robert Watson, explica que a diversidade biológica é a base não apenas para os nossos alimentos, como é parte essencial de nossas culturas, identidade e forma de vida. Ele chama atenção para a necessidade de atuarmos para deter e reverter o uso não sustentável que fazemos da natureza, a fim de não colocarmos em perigo o futuro que queremos e as nossas vidas.

A avaliação da IPBES centra-se em tentar responder a perguntas-chave como: “Por que é importante a diversidade biológica?”, “Para onde estamos fazendo progressos?”, “Quais são as principais ameaças à diversidade biológica e quais são suas oportunidades?”, “Como podemos ajustar nossas políticas e instituições para nos levarem a um futuro mais sustentável?”.

Em todas as regiões, a declínio da contribuição da diversidade biológica para as pessoas vem ocorrendo devido a várias causas, como: o estresse do habitat, a superexploração e o uso não sustentável de recursos naturais, a contaminação do ar, da terra e da água, o impacto da mudança climática, etc.

O cuidado de si implica o cuidado com o outro e com o todo. Será que a nossa espécie ainda conseguirá reverter o impacto das suas ações sobre o planeta antes do seu desaparecimento?