Abricó-de-macaco é comestível? Mas para que serve?

  • atualizado: 
Abricó-de-macaco

Abricó-de-macaco é a Couroupita guianensis, uma linda árvore ornamental e frutífera, de origem amazônica e de grande encanto. Mas será que esta árvore de lindas flores e grandes frutos é comestível? Vejamos!

A abricó-de-macaco também é popularmente conhecida pelos seguintes nomes populares:

  • Amêndoa-dos-andes
  • Árvore-de-macaco
  • Castanha-de-macaco
  • Cuia-de-macaco
  • Cuiarana
  • Curupita
  • Macacarecuia

É uma planta perene que gosta de calor e umidade, clima quente, tropical, subtropical, equatorial e sol pleno.

É da mesma família da castanheira-do-pará, da sapucaia, do matamatá, da bola-de-canhão e dos jequitibás, ou seja, plantas da família botânica Lecythidaceae.

Com seus grande frutos esféricos de cor amarronzada, que chegam a pesar até 3 quilos cada, esta árvore alta (de mais de 12 metros de altura) é usada em paisagismo mas serve também para alimentar macacos (eis o nome) e outros animais, porém, não os homens.

O motivo? O mau-cheiro que exala! Os frutos não são tóxicos mas o cheiro é insuportável para os humanos.

abricó de macaco 2

Apesar de muito lindas e ornamentais, recomenda-se não plantar árvores desta espécie em locais de grande circulação de pessoas pois, se seus frutos de 3 quilos caírem sobre a cabeça de alguém, pode machucar! A queda também causaria danos a carros e outros veículos.

MAS PARA QUE SERVE A ABRICÓ-DE-MACACO?

Por ser assim bonita, esta árvore nativa nossa (América do Sul) é usada como ornamental e vale a pena plantá-la em grandes jardins e ou fazendas.

Ela dá flores peculiares que nascem no tronco da árvore em longas inflorescências, de flores muito cheirosas, de um perfume suave e agradável (parecido com o das rosas).

Olha que lindeza:

abricó de macaco 3

Suas pétalas carnudas e grandes tem coloração alaranjada, avermelhada e rosada.

abricó de macaco 4

A floração acontece depois de 5 anos que árvore foi plantada.

As flores surgem mais intensamente na primavera mas esta espécie pode dar flores o ano todo.

Além de alimentar macacos, a abricó atrai abelhas, mamangavas e outros polarizadores.

Suas folhas, flores e cascas são usadas na medicina popular por suas propriedades analgésicas e antibacterianas.

Agora que você conhece a Couroupita guianensis, já sabe que seus frutos não se comem, mas suas flores encantam, a espécie é nativa e de grande importância para a nossa biodiversidade!