Orquídea fantasma - a luta pela sua preservação

orquidea-fantasma
A orquídea fantasma, Polyrrhiza lindenii, antes chamada Dendrophylax lindenii, habita nas floresta muito úmidas da Bacia do Caribe. Sabe-se que existem exemplares nas Bahamas, em Cuba e na Flórida (Parque Everglades) mas, também se sabe que, em todos esses lugares esta orquídea está desaparecendo.

As causas do seu desaparecimento e risco de extinção são variadas: esta é uma orquídea que não sobrevive fora do seu habitat natural, não tem reserva energética para sobreviver em casos de calamidades como furacões quando perde, por algum tempo, seu suporte, não é fácil sua reprodução por sementes e, nem sequer, in-vitro, em laboratório, já que requer constantes cuidados e, posteriormente, sua taxa de adaptação na natureza, é baixa. Por outro lado, a espécie tem uma taxa de sobrevivência que, ano a ano, se demonstra ser negativa.

orquídea fantasma

Foto - mapa da área de ocorrência da orquídea fantasma 

Todos os fatores acima, aliados ao roubo de exemplares para venda, têm aumentado em muito o risco da extinção desta que, sendo uma das mais raras também é considerada uma das mais belas orquídeas do mundo.

Existem outras orquídeas-fantasma no mundo. Não confunda esta com a Epipogium aphyllum que é uma orquídea terrestre sem clorofila.

epipogium aphyllum

Foto: Epipogium aphyllum

Alguns projetos estão, atualmente, estudando a ecologia desta orquídea, reproduzindo-a em laboratório e pesquisando suas possibilidades de resistência à extinção. Nesta tarefa estão os estudantes de pós-graduação de Flórida, sob a orientação de Mike Kane, pesquisadores de Espanha (Alicante) e Cuba (Pinar del Rio) sob a orientação de Ernesto Mujica do Ministério da Ciência ECOVIDA Centro de Pesquisa de Cuba que juntou pesquisadores de Illinois College e da Universidade da Flórida na Flórida Panther National Wildlife Refuge .

"No futuro, esperamos poder comparar populações orquídeas fantasma no sudoeste da Flórida com aquelas de Cuba como um meio de melhor compreender as necessidades de habitat específicos da espécie e as necessidades de sobrevivência", disse Lawrence W. Zettler of Illinois College. (Leia mais aqui e aqui). 

Os pesquisadores já têm catalogados 160 exemplares nos Everglades e futuramente, pretendem comparar as populações de orquídeas fantasma existentes na Flórida e em Cuba.

O trabalho é árduo pois requer a criação de clones de orquídeas fantasma, em laboratório e, posteriormente, seu transplante para árvores adequadas em uma região preservada, longe das mãos ambiciosas dos ladrões de orquídea.

Este é um trabalho de recuperação da biodiversidade terrestre, afetada por calamidades naturais, como os furacões mas, e muito, prejudicada pelas atividades antrópicas que resultam de uma agricultura invasiva e agressiva à vida.

Especialmente indicados para você:

ORQUÍDEAS - 14 DAS MAIS BELAS VARIEDADES

ORQUÍDEAS - COMO CULTIVÁ-LAS DENTRO DE CASA OU NO JARDIM (VIDEO)

NO PANAMÁ, UMA NOVA ESPÉCIE DE ORQUÍDEA É ENCONTRADA