Descoberta uma nova planta "come-níquel" que absorve metais pesados ​​do solo

Como remover os metais pesados ​​do solo? A Rinorea niccolifera, uma nova planta descoberta na parte ocidental da ilha de Luzon, nas Filipinas, ganhou fama nos noticiários como uma planta "come-metal" e seria "gulosa", particularmente por níquel.

A Rinorea niccolifera, na verdade, pode ser usada tanto para limpar solos contaminados, como para a extração de níquel, para fins comerciais. 

Pertencente à família das Violacee e descoberta por um grupo de pesquisadores da Universidade Los Baños nas Filipinas, o nome "niccolifera" refere-se especificamente à sua capacidade em acumular grandes quantidades de níquel em suas folhas. A planta seria capaz de acumular até 18.000 partes por milhão de metais, sem sofrer os efeitos da intoxicação.

"A hiper acumulação de níquel é um fenômeno muito raro, visto que apenas 0,5 % das plantas que nascem em solos ricos em metais pesados têm a capacidade de absorvê-los", diz Edwin Fernando principal autor do estudo publicado na revista PhytoKeys e que faz parte de um projeto financiado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia do Conselho Filipino da Indústria, da Energia e do Desenvolvimento de Tecnologias Emergentes.

Em todo o mundo existem cerca de 450 espécies conhecidas que têm esta característica incomum, em mais de 300 mil espécies de plantas vasculares conhecidas. 

"As plantas hiper acumuladoras são plantas que têm um grande potencial para o desenvolvimento de tecnologias verdes. Por exemplo, a fitorremediação e a fitomineração", disse Agostinho Doronila, da Escola de Química da Universidade de Melbourne e co-autor do relatório. "A fitorremediação refere-se à utilização de plantas para remover metais pesados ​​em solos contaminados. Já a fitomineração é utilizada para extrair comercialmente os metais pesados presentes no solo através de brotos cultivados." 

Resumindo, a flora é cada vez mais um aliado na mitigação do dano ambiental causado pelo homem e seus poluentes liberados no meio ambiente. Deixem as plantas crescerem!

Fonte fotos: PhytoKeys