Orquídeas - 14 das mais belas variedades

epidendrum-fulgens
As orquídeas são as flores mais bonitas e, junto com as rosas, também as mais amadas. Há orquídeas no mundo todo, pequenas, minúsculas, ou grandes, de sol, de sombra, de chão, de árvore, de pedra.

Já falamos aqui sobre como se deve cuidar das orquídeas em casa, no jardim ou no interior e agora apresento-vos essas variedades, muito especiais.

1) Orquídea Vanda

 
orquídea vanda

A orquídea Vanda é uma espécie asiática, Vanda spp., originária de regiões pantanosas, com elevada umidade do ar e muita luz.

São encontradas Vandas azuis, amarelas, alaranjadas todas com o desenho característico das pintinhas espalhadas pela pétala macia e brilhante.

Esta é uma especie que requer muita água e o comprimento das raízes indica essa necessidade - se estão curtas quer dizer que á irrigação está suficiente.

2) Baunilha

 
orquidea baunilha

A orquídea Baunilha (Vanilla spp.) é de onde tiramos a baunilha que usamos na cozinha. O fruto desta orquídea é uma baga ou vagem, comprida e cheia de carninha cheirosa onde está concentrado o óleo aromático de baunilha. A orquídea Baunilha é uma trepadeira, que adora espaços arejados e luminosos.

Cresce em climas quentes pois é natural do México (Vanilla mexican). Porém, seu cultivo exige que a polinização seja feita a mão já que a baunilha tem uma associação simbiótica com um tipo de abelha, as Meliponas, que só habitam entre o México e a Argentina (também as há no Brasil, claro). No mercado se encontram diversas variedades da Vanilla planifolia, usada para produção da baunilha culinária.

A baunilha mexicana, Vanilla mexican, era conhecida pelos aztecas como tlilxochitl, que significa " flor negra" e sua história está associada ao chocolate já que com a vagem da baunilha esse povo enriquecia a bebida xocoatl, feita de cacau e destinada aos nobres e guerreiros.

3) Cattleya walkeriana

 
orquidea cattleya walkeriana

As cattleyas são as orquídeas mais vendidas no Brasil. Elas são epífitas, quer dizer que vivem apoiadas em troncos de árvore usufruindo do espaço, da água e nutrientes que escorrem pela hospedeira mas também podem ser “apoiadas” em vasos preenchidos com lascas de madeira, por exemplo. Segundo os colecionadores, a Cattleya walkeriana é a mais perfeita das flores, pelo equilíbrio de formas que apresenta.
As cattleyas podem ser cultivadas apoiadas em vasos ou amarradas em árvores.

4) Dendrobium nobile Olho de Boneca

 
orquidea dendrobium nobile

A Dendrobium nobile é uma orquídea híbrida original do Sudeste Asiático. Esta é uma planta de terra, de vaso, que dá uma haste comprida de onde saem as flores. Dendrobium é um gênero botânico que tem 450 espécies, entre híbridas e naturais e todas são especialmente resistentes. Suas flores podem durar até 21 dias abertas e bonitas. É ideal ara se ter dentro de casa, em qualquer clima.

5) Dendrobium thyrsiflorum

 orquidea dendrobium thyrsiflorum

Esta é uma orquídea em cachos de flores pequenas que é uma maravilha de se ver e que não é mais difícil de se manter do que qualquer das outras espécies do gênero Dendrobium.

6) Oncidium Chuva de ouro

 
oncidium chuva ouro

A orquídea Chuva de Ouro é a espécie Oncidium varicosum também chamada de “dançarina ou dama dançante”. Esta espécie é originária do Brasil, Paraguai e norte da Argentina, epífita (cresce sobre galhos de árvores) e gosta de meia sombra. É possível tê-la em casa, no jardim, se você tiver uma árvore que a proteja do sol e dos ventos. A sua floração é magnífica, uma verdadeira chuva de ouro que explode no ar, de repente. 

7) Orquídea Tigre

 
orquídea tigre

Esta orquídea, da espécie Grammatophyllum speciosum também é conhecida como Orquídea Gigante. Em estado selvagem as orquídea tigre crescem garfos de árvores ou no solo desde que haja bastante luminosidade. Esta espécie é originária da Nova Guiné, Indonésia, Malásia e Filipinas.

8) Phalaenopsis schilleriana

 
phalaenopsis schilleriana

A orquídea borboleta (Phalaenopsis spp.) é uma planta elegante que pode alcançar até 1 m de altura, a phaleaenopsis padrão, e até 30 cm, a mini. Esta é uma orquídea de sombra, que vive em troncos de árvores ou sobre pedras. Não pode ser regada por aspersão, borrifo, pois suas folhas acumulam água dando origem a fungos que lhe são prejudiciais. É originária das Filipinas e região.

9) Habenaria Grandifloriformis

 
habenaria grandifloriformis

A orquídea Habenaria Grandifloriformis, que também é conhecida como orquídea anjo é originária das altas pastagens do sul da Índia
tem pétalas brancas finas e uma aparência delicada que o tornam uma flor verdadeiramente elegante. Esta orquídea gosta é de solos pobres em matéria orgânica, ar fresco, luminosidade e, ela cresce no solo, ou em vaso.

10) Habenaria radiata

habenaria radiata

A Habenaria radiata ou Pecteilis radiata, também é chamada de Orquídea Garça-branca ou Sagi-so, seu nome japonês. Esta orquídea terrestre é nativa da Corea, Japão, China e Rússia.

11) Ophrys apifera

ophrys apifera

A erva-abelha (Ophrys apifera), erva-aranha ou abelheira é uma orquídea de climas temperados, nativa de Portugal e bastante comum na região mediterrânica a sul do Mar Negro. Esta é uma orquídea terrestre que nasce em solos turfosos, sobre rochas ou dunas calcárias ou em bosques abertos. Cresce até 30 cm de altura e sua flor se assemelha a uma abelha.

12) Dracula simia

 
dracula simia

A Dracula simia é originária das altas florestas úmidas do Equador em altitutes de 1.000 a 2.000 m. A corola da sua flor, em conjunto com os pistilos e da cor das pétalas, faz um conjunto parecido com a cara engraçada de um macaquinho razão pela qual também e conhecida como orquídea macaco. É uma planta rara que não está nos circuítos comerciais.

13) Peristeria elata

 
peristeria elata

A Peristeria elata também é conhecida como orquídea pomba ou flor do Espírito Santo pela forma característica de suas pétalas que lembram um pássaro branco. De fato, em sua corola é muito fácil de reconhecer uma pomba branca bonita. Esta orquídea ocorre na América Central sendo muito abundante nas florestas úmidas do Panamá, país que a adotou como flor nacional.

14) Epidendrum fulgens

 
epidendrum fulgens orquidea

No Brasil há uma infinidade de orquídeas nativas muito bonitas também mas que, em geral, estão fora dos circuítos comerciais. A lista das nossas orquídeas nativas é imensa mas, eu quero deixar aqui para vocês esta, a Epidendrun fulgens, Orquídea da Praia, Orquídea da Restinga ou Sumaré da Praia, que dá até em cima dos telhados de Iguape, mas também cresce na areia das dunas, a pleno sol. É linda (veja aqui como cuidar)

Leia também:

10 FLORES QUE SE PARECEM COM COISAS E ANIMAIS

NO PANAMÁ, UMA NOVA ESPÉCIE DE ORQUÍDEA É ENCONTRADA

QUAIS SÃO AS MELHORES PLANTAS PARA COLOCAR NO BANHEIRO?