R$ 40 mil para desenvolver projetos indígenas

projetos indigenas

Poucas vezes a biodiversidade e a qualidade de vida dos índios estiveram tão presentes no debate do Congresso Nacional, o que, logicamente, lançou os dois assuntos às luzes da mídia e da opinião pública. Em meio a todo esse turbilhão pelo qual passa o Brasil, outras ações em paralelo continuam a existir. Entre elas o Edital do Programa das Nações Unidas para Desenvolvimento (PNUD), que busca por projetos indígenas, para receber verbas de até 40 mil reais.

O edital é voltado às associações indígenas, indigenistas ou socioambientalistas, desde que tenham experiência comprovada e atuação nas áreas de referência do Projeto GATI, estando formalmente constituídas. O prazo máximo para o envio das propostas é no dia 11 de maio.

O programa existe com o propósito de promover ações em benefício da biodiversidade e também da melhoria da qualidade de vida dos índios brasileiros. As contratações dos projetos ficam a cargo das análises do Projeto Gestão Ambiental e Territorial Indígena (GATI) e o Instituto Sociedade, População e Natureza (ISPN), que lançaram o edital ainda no mês de abril.

Veja as áreas temáticas

Etnogestão territorial e ambiental

Atividades - Oficinas de etnomapeamento Pequenos diagnósticos socioambientais Monitoramento de fauna e flora Vigilância e monitoramento territorial Atividades e/ou cursos em Educação Ambiental.

Conservação e recuperação ambiental

Atividades - Recuperação de áreas degradadas incluindo espécies nativas Recuperação e proteção de nascentes Criação ou fortalecimento de Agroflorestas Emprego de técnicas de manejo e conservação de água.

Atividades produtivas sustentáveis

Atividades - Criação e/ou manejo de fauna Manejo e extrativismo sustentável Criação ou fortalecimento de sistemas em Agroecologia Promoção de encontros e feiras de trocas de sementes tradicionais Beneficiamento de produção agroextrativista.

Todos os grupos precisam se encaixar nessas temáticas e seguirem as atividades descritas para poderem concorrer à verba de até 40 mil reais para a produção do projeto.

A iniciativa é fruto da celebração de Carta Acordo entre o Projeto GATI/Fundação Nacional do Índio (Funai), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), o ISPN, no âmbito do Programa de Pequenos Projetos de Gestão Ambiental e Territorial Indígena, o PPP-GATI, com recursos do Fundo Global para o Meio Ambiente Mundial (GEF).

O prazo final para a entrega dos projetos é 11/05/2015. Veja o edital completo aqui.

Fonte foto: fotospublicas.com