Chega de incentivo para a criação de touros para touradas

incentivo

Basta de fundos da União Europeia para a criação de touros para as touradas. A um passo desta realidade segue o Parlamento Europeu, cujos membros da Comissão do Ambiente votaram para acabar com este tipo de incentivo. Trata-se da Emenda número 6334, aprovada após os deputados votarem 29 a favor e 11 contra.

Na decisão histórica lê-se:

"As dotações não podem ser utilizadas para apoiar criadores de animais ou criadores de touros para a atividade letal das touradas."

O motivo da decisão? A convenção europeia para a protecção dos animais (Diretiva 98/58 / CE), que afirma que os animais não devem sofrer qualquer tipo de dor, mágoa, medo ou estresse. É claro que essas condições são ignoradas no que diz respeito aos touros destinados às touradas. Portanto, a criação de touros não pode ser incluída entre os beneficiários da Política Agrícola Comum da União Europeia.

A Humane Society International saudou a votação, e insta todos os membros a se alinharem contra esta prática sangrenta. Joanna Swabe, diretora do HSI UE disse:

"A tourada é cruel, é um esporte sangrento e obsoleto, que causa grande sofrimento aos animais. Estamos satisfeitos que os membros da Comissão ENVI tenham tomado esta decisão compassiva de votar contra a possibilidade de que o dinheiro dos contribuintes europeus possam ser canalizados para o campo da tourada, que tira benefício da crueldade. Agora apelamos a todos os membros para que tomem uma posição contra o abuso que os touros sofrem em nome da diversão, e pedir-lhes para apoiar esta alteração quando ela será votada na próxima sessão plenária."

Vai ficando cada vez mais difícil engolir as touradas apesar, ainda, de tanta resistência em acabar com esta prática atrasada, em nome da cultura.