Os cães gostam  muito mais de carinho do que de elogio verbal. Veja porquê

cães gostam  muito de carinho

Os cães gostam muito mais de chamego do que as palavras doces que costumamos lhes dizer. Talvez isso explique por que os cães, ainda mais os filhotes, exigem afago, carinho e jogos em contato com a gente o tempo todo. 

Isso foi demonstrado por um novo estudo realizado por especialistas da Universidade da Flórida e da Universidade Estadual do Arizona, nos Estados Unidos. "Shut up and pet me", é o inequívoco título do estudo recentemente publicado em Behavioural Processes, algo como: cala a boca e me dá carinho

O Dr. Clive Wynne, co-autor da pesquisa, explicou: "Passo a metade do dia falando com a minha cachorra, parece que as palavras são preciosas para ela. É um choque descobrir que o que dizemos aos cães parece não ser gratificante para eles."

Os especialistas observaram as reações dos cães de pessoas que os acariciava e de pessoas que os elogiava verbalmente. Os pesquisadores mediram a quantidade de tempo que o cão escolhia para passar com cada pessoa. As observações foram realizadas seja com cães que estavam em canis, que com os mais sortudos que moravam em casas com jardins. 

Nos dois casos, os cães se mostraram mais interessados nas pessoas que os abraçavam e os acariciavam, do que naquelas que os elogiavam e falavam com eles. 

Por que os cães preferem carinho físico? Segundo a autora, Dr. Erica Feuerbacher, a freqüência cardíaca e a pressão arterial dos cães diminuem com os afagos e as carícias que damos a eles. Uma forma semelhante ao que acontece com o contato amigável e afetuoso entre as pessoas

Apesar da nova descoberta, Wynne disse que não vai parar de falar com o seu cão, mas graças a este estudo, aprendeu um pouco mais sobre como se comportar com seu peludo.

No entanto, é possível treinar o cão a reconhecer palavras de afeto, se estas forem acompanhadas de prêmios como carícia ou comida.

Fonte foto: prevention.com