A heroica vida de um Protetor de Animais: propósitos, desafios, dores e alegrias

  • atualizado: 
 Protetor de Animais

Com o advento da Internet, a Proteção Animal tem um espaço para atuar, pedir ajuda e ficar mais evidenciada. Isso contribuiu muito para a causa animal. Mas infelizmente, esses recursos ainda não são suficientes para o número de abandonos e casos de maus-tratos dos animais. Sem contar que o Poder Público não age como deveria agir, no sentido de dar condições e criar órgãos de assistência para esses animais, apoiando também o trabalho dos Protetores de Animais. Vamos conhecer um pouco mais sobre a vida destes heróis. 

Os Protetores de Animais Independentes são heróis de carne e osso, que se dispõem a ajudar e a socorrer os animais, mesmo, com vários resgatados e encontrando dificuldades financeiras para lidar com tantos casos que encontram pela frente. Isso faz com que se sobrecarreguem, e por isso é importante que a população colabore com eles.

Embora ajam como verdadeiros heróis, os Protetores de Animais são seres humanos que sofrem, choram, se deprimem, ficam doentes e têm suas limitações. Têm suas vidas, trabalham, estudam, têm família ou não, mas de desdobram para se dedicarem à causa animal. Eles lutam pela defesa dos direitos dos animais e reivindicam do Poder Público:

  • Apoio para castração
  • Eventos de Adoção
  • Leis de Defesa e Proteção Animal mais eficazes
  • Campanhas de Educação e Conscientização da população
  • Ações e medidas contra toda forma de exploração animal.

 Para compreender mais a importância e a vida de um Protetor, seguem os assuntos que serão abordados neste artigo:

 

1. Motivação do Protetor de Animais

Quem se dedica à Proteção Animal é movido por um sentimento muito forte, a vontade de ajudar e o amor aos animais, que o motiva a se levantar, todos os dias e seguir adiante na causa animal, mesmo quando vem o desânimo!

A gratificação de ver o antes e o depois de um animal socorrido, resgatado e cuidado por ele, com amor e carinho, sendo adotado e recebendo um lar e vivendo com dignidade e muita afetividade, esse é o maior prêmio e recompensa para quem se dedica à causa animal.

2. Obstáculos e desafios do Protetor de Animais

O que dificulta a missão do Protetor de Animais é a ignorância humana e a incompreensão, pois, várias pessoas, ainda não entenderam que o animal é um ser senciente, sente tudo que sentimos, dor, tristeza, alegria, amor, têm sua individualidade e necessidades físicas e biológicas.

A insensibilidade das pessoas, também, afeta os Protetores, que, por vezes, não têm apoio e não são entendidos pelas pessoas de seu convívio. sendo tratados como exagerados, emotivos, sentimentais e, até, como loucos.

Aquele que atua na Proteção Animal, o faz, por saber, que os animais em certas situações, não têm como se defenderem sozinhos e pedirem ajuda, dependem do ser humano para ajudá-los e protegê-los, por isso, mesmo diante do estresse e da dificuldade, o Protetor persiste em ajudar os animais.

Muitos Protetores não têm ajuda de governo e para socorrer animais, em situação de risco, tiram recurso do próprio bolso para alimentar, vacinar e castrar os animais.

Para conseguir mais recursos, os Protetores, realizam bingo, bazar e rifa para arrecadar dinheiro, para para comprar ração, medicamento, pagar veterinário, produtos de limpeza e outras coisas mais.

Os Protetores prestam um grande serviço à sociedade, e, por vezes, não têm o justo reconhecimento e o devido apoio. Vários protetores ficam endividados, seja no cartão de crédito ou no cheque especial, devido às despesas em clínicas veterinárias, para tratamento do animal ou em Pets Shops, para compra de ração ou medicamentos.

Todo Protetor visa encaminhar o animal para adoção, mas, infelizmente, nem sempre isso acontece, pois, existem critérios para adoção responsável, como conhecer antes a pessoa, onde mora, como vive, para ver em que condições o animal irá ficar, pois tem gente que adota e acaba não cuidando dele e adoção, assim, não adianta nada.

Adoções, para qualquer pessoa, podem resultar do animal ser devolvido ou incorrer em outro abandono, por isso, o Protetor acaba ficando com muitos animais sobre seus cuidados, exigindo espaço e recursos que se sacrifica para obter.

Para o cuidado e amparo a esses animais, um protetor precisa de recursos financeiros para ração, despesas com castração, remédios e vacinas.

E o que complica ainda mais a vida de um Protetor é que as pessoas o procuram mais para pedir ajuda e não para ajudar. Eles recebem dezenas ou até centenas de pedido, por dia, para socorrerem e resgatarem animais, em situação de risco, e, ainda, têm os casos que abandonam os animais em frente de suas casas.

3. Histórias de alguns Protetores de Animais Independentes

Existem muitos Protetores, e, com as Redes Sociais, podemos ajuá-los e acompanhar o trabalho deles.

Seguem alguns, cada um com sua realidade, projeção na mídia, estrutura e dificuldade, mas todos têm em comum: o Amor aos animais.

ALESSANDRO DESCO

pits ale

O Projeto Pit's Ale's teve início em meados de 2009/10. Antes da criação desse Projeto, Alessandro Desco, junto com familiares e amigos já havia realizado alguns resgates e, por conta disso, resolveram se organizar para ajudar e acolher mais cães abandonados e vítimas de maus tratos.

O Projeto, atualmente, tem em média 30 animais, mensalmente, hospedados em hotéis e internados em clínicas veterinárias, em sua maioria são cães Pit bulls e alguns SRD.

A missão do Pit's Ale's é Resgatar, Tratar, Castrar, Reabilitar e direcionar para uma excelente Adoção.

Este Projeto já realizou mais de 200 resgates de cães das ruas e de ''tutores'' que maltratavam seus cachorros, pois, não cuidavam, não alimentavam, mantinham acorrentados, 24 horas por dia, e /ou espancavam.

Foram realizadas cerca de 170 adoções muito bem sucedidas.

A equipe do Projeto Pit's Ale's acompanha a história dos seus resgatados, criando um vínculo de amizade com os adotantes.

Como a maioria do Protetores de Animais, os integrantes Alessandro Desco e a Equipe Pit's Ale's, têm jornada tripla, focando no sustento do cães.

As despesas para a manutenção do Projeto são muitas e envolvem: alimentação, hospedagem, internações, exames, cirurgias, medicações, socialização.

Os cães resgatados pelo Pit's Ale's são de médio e grande porte e consomem aproximadamente 450 kg por mês (aproximadamente, um saco de ração Premium de15 kg para cada cão).

Para manter essa estrutura, Pit's Ale's precisa de doações, além de fazer rifas, bingos, bazares, vender calendários com fotos dos animais.

projeto pit bull

Alessandro Desco, com Pit's Ale's resgata cães SRD (sem raça definida) e de outras raças, mas priorizando os Pits Bulls, por uma série de fatores, tais como:

  • Poucos protetores resgatam Pits Bulls e poucos hotéis de pets os acolhem.
  • A cada dia, infelizmente, aumenta o número de Pits abandonados.
  • Nas ruas, os Pits correm muito riscos, devido ao preconceito imputado à essa raça, que a torna vítima de atos de crueldade.

Quem despertou o amor de Alessandro Desco pelos Pits Bulls, com toda a intensidade, foi o Guerreiro, o primeiro cão, dessa raça, cuidado por ele. Graças ao Guerreiro nasceu o Projeto Pit's Ale's!

GISELLE SARBOUCK PASTORELLO

A jovem Giselle Sarbouck se desdobra entre seu trabalho como advogada e os resgates de animais abandonados e que sofrem maus-tratos, mantém o Cantinho dos Resgatados, onde cuida de cães e gatos, reabilitando-os para adoção responsável.

Para manter os Cantinho dos Resgatados, Giselle precisa de doações de materiais indispensáveis para animais em tratamento de saúde e ajuda financeira.

Para angariar fundos para as despesas do Cantinho dos Resgatados, Giselle, realiza rifas com produtos que recebe de doação.

Outra forma de ajudar é conhecer o trabalho dessa Protetora, divulgando seus pedidos de ajuda e colaborando de várias formas, para isso, ela tem um perfil no Facebook: Gi Sarbouk.

giselle sarbouk

Giselle Sarbouk e a Pit-bull May

BETE BOLETE BRANCO

Bete começou na causa animal após viver um quadro de depressão profunda, mas após adotar um cachorra da raça beagle, que batizou de Teka, sua vida mudou.

O amor de Teka lhe ajudou a sair da depressão. Ela criou uma página especialmente para Teka, onde posta fotos dela, e que ficou conhecida na Proteção Animal, fazendo com que Bete, passasse a se envolver na Causa Animal.

Bete passou também a divulgar casos de animais perdidos e, aos poucos, foi se tornando Protetora de Animais de forma independente.

Ela tem ajuda da veterinária Camilla Bianco do Pet Bixôlandia, onde consegue castrar os animais que ela resgata ou ajuda, por preço mais acessível.

Para arrecadar dinheiro com o objetivo de ajudar os animais, ela passou a costurar e fazer caminhas, almofadas personalizadas para pets e vender, ela não pede dinheiro para ninguém.

Para ajudar essa Protetora, conheça a página de Teka, divulque seus produtos e/ou compre para seu pet ou dar de presente à alguém que tem um animalzinho.

bete e teka

Bete Bolete Branco e Teka

CLAUDIA RODRIGUES

A protetora Claudia Rodrigues respira Proteção Animal, mesma sobrecarregada e em momentos que enfrentou problemas de saúde, não deixou de se dedicar aos animais, por isso, toda ajuda é bem vinda. Além dos resgastes de animais que realiza, Claudia, também, atua na conscientização para acabar com o abandono e falta de respeito para com os animais.

Assistam este vídeo feito por ela, com uma mensagem muito importante sobre isso:

FREI ROGERIO CRUZANTONIO

A Ong Viva Cão, foi fundada 08/12/2005 pelo Frei Franciscano Rogerio Cruz Antonio, em Pocinhos do Rio Verde, Caldas, em Minas Gerais, à partir de uma grande crueldade que aconteceu com mais de 3000 animais de rua, que foram envenenados.

Para mudar essa realidade o Frei Rogerio criou essa Ong que cuida de cerca de 200 cães ou mais, que foram abandonados na região de Caldas.

A Ong Viva Cão precisa de ajuda para quitar o pagamento do terreno, onde os animais recebem amparo e todos os cuidados.

Para ajudar a Ong existem várias maneiras, como: doação financeira, prestação de serviço voluntário, pagamento de vacinas e outras ações.

A captação de recursos financeiro irá viabilizar a estrutura da obra física do local, com melhores condições para os animais.

Conheça o Frei Rogerio e a Ong Viva Cão, neste vídeo que ele explica melhor como as pessoas podem ajudá-lo nessa missão:

WAGNER SANCOVICH

O Protetor Wagner Sancovich atua há mais de trinta anos na Proteção Animal, por amor aos animais abandonados e sofridos, ele criou o Abrigo Wagner Sancovich, através do qual ele resgata, ampara e cuida deles.

O Abrigo fica em uma região isolada, em Ibiúna - SP, dificultando a acessibilidade para a obtenção dos recursos necessários ao Abrigo. 

Por conta disso, o Protetor Wagner Sancovich está sobrecarregado, tanto fisicamente como financeiramente e precisa de nosso apoio.

São, aproximadamente, 100 animais, ou mais, que ele cuida, praticamente, sozinho. Para ajudar os animais do Abrigo, existem várias formas:

  • doação de rações
  • veterinários solidários
  • adoção dos animais
  • serviços voluntários no Abrigo
  • contribuição financeira para manutenção do Abrigo

Conheçam mais do trabalho do Protetor de animais independente Wagner Sancovich, neste vídeo:

LANA FACCIOLI

A Protetora Lana Faccioli mora em Praia Grande-SP e desde que se conhece por gente atua na Causa Animal, cuida de mais de 80 animais, em sua casa, a maioria são gatos.

Trabalha como taróloga, há mais de 28 anos e para conseguir cuidar de seus animais resgatados, precisa de ajuda, seja em espécie (rações, medicamentos e outros produtos) ou em dinheiro, para, principalmente despesas com veterinários.

Para colaborar com Lana e conhecer seu trabalho, é só acompanhar seu perfil no Facebook.

lana faccioli

CYNTHIA DE SIMONE

Cynthia, desde muito nova, foi muito empática e sensível com os animais. No passado quando resgatava um animal recorria ao veterinário da Ong UIPA, reabilitando os animais Quando ela se deparava com animais atropelados ou largados amarrados, ela pagava táxi-dog, sem ajuda financeira de ninguém, e os levava para a ONG para receberem atendimento veterinário.

Ela socorreu vários animais e muitos deles, ela os adotou. Na época, não havia tantos meios de divulgação como hoje.

Ela teve que mudar para outra residência, longe da ONG, mas, mesmo assim, continuou, de forma independente atuando na causa animal. Resgatou e adotou vários animais que estavam em situação de abandono e conseguiu lares para tantos outros.

Atualmente, divulga pedidos de ajuda para animais necessitados, pelo seu Face, pois, enfrenta dificuldades, principalmente, por ter uma cachorra com pânico de fogos e morar em um local próximo a um estádio de futebol e ter uma gatinha com problema de diabetes que toma insulina, além de outros gatos, alguns jovens e outros idosos.

Ela, atualmente, mora em Curitiba-Paraná. O que ela precisa é de um local, onde possa morar e se dedicar aos animais, que é o que ela ama fazer e que seja seguro para sua cachorra Sofia, além de tratamento solidário para esse distúrbio dela.

Quem puder ajudar é só entrar em contato pelo perfil dela, no Facebook.

cyntia simne

THATIANA SANTOS

A protetora Thatiana, mora em Realengo no Rio de Janeiro, mesmo com sua rotina de mãe, esposa e dona de casa, atua na Proteção Animal, resgatando, amparando e cuidando de animais em situação de risco.

Para conseguir ajuda para ração, medicamentos e veterinário, ela posta os pedidos em seu perfil, por isso, para ajudá-la é só entrar em contato com ela pelo Facebook.

thatiana

Thatiana e um de seus resgatados

JANE SANTOS

A Protetora de Animais Independente, Jane Santos se dedica de várias formas à causa animal.

Divulga e conscientiza as pessoas, através do seu perfil no Facebook, sobre a importância de respeitar, valorizar e preservar todos os animais, sem exceção. P or isso, se tornou vegana e defende, também, essa causa, como ativista.

Ela já participou do programa Domingo Show da Record, com SOS Pet, que mostrava o resgate de vários animais.

Este vídeo, produzido pelo canal Tip da Penny, mostra Jane Santos explicando como as pessoas podem ajudá-la em sua missão de cuidar de seus resgatados.

RENAN MAZUCHI

O jovem Renan mora no Guarujá-SP, e, mesmo com sua rotina de trabalho, fora da causa animal, atua como Protetor de Animais, divulgando pedidos de ajuda para aqueles que estão em situação de risco, utilizando o seu perfil, no Facebook, além, dele mesmo, também, resgatar animais em situações precárias e encaminhar para bons adotantes.

Renan têm dois cães Nina e Bob, muito conhecidos por seus amigos e seguidores do Face.

Nina foi resgatada por Renan em situação deplorável e ele acabou adotando ela.

Assistam este vídeo, que conta a história de Nina, é muito comovente!

4. Maneiras de ajudar os Protetores de Animais Independentes:

Existem várias formas de ajudar os Protetores de Animais, vejam as principais:

  • Doação de ração, medicamentos, tapetes higiênicos, fraldas e vacinas para os animais, além de produtos de higiene e limpeza.
  • Ajuda financeira para as despesas com os animais.
  • Divulgando as campanhas e feiras de adoção que o Protetor realiza.
  • Adotando um animalzinho, resgatado pelo Protetor.
  • Sendo voluntário para cuidar dos animais (banhos, limpeza de ouvidos, corte das unhas, tosa de pelos, administração de medicamentos para os que estão doentes, passeios e limpeza do local, mantido pelo Protetor.
  • Colaborando com eventos beneficentes organizados pelo Protetor, para arrecadar fundos para as despesas e cuidados com os animais.
  • Oferecendo um lar temporário para um animal resgatado, para evitar que o local, onde o Protetor mantém seus animais, fique lotado.
  • Ajudando o Protetor com seu talento. Se você é artista, faça um show beneficente e reverta parte do lucro para ajudá-lo com seus animais, se é jornalista, escreva uma matéria para conscientizar as pessoas, como se pode colaborar com ele, caso seja advogado, atue defendendo a causa animal, e, assim por diante.
  • Compre produtos das Campanhas dos Protetores para ajudar na arrecadação de recursos financeiros, para as despesas com os animais.
  • Auxilie o Protetor com transporte solidário para resgate e socorro de um animal.
 

5. A importância do Reconhecimento e Valorização do Protetor de Animais

Este conteúdo tem o objetivo de reconhecer e exaltar a dedicação de cada Protetor de Animais, seja homem ou mulher, jovem ou não, mais famoso ou menos, com muito ou pouco recurso, tendo mais estrutura ou não, que tem mais ajuda ou precisa de mais colaboração.

Protetores espalhados pelo Brasil que fazem a diferença na vida dos animais e que são exemplo de humanidade e solidariedade.

Na verdade precisaria de muito mais conteúdo para fazer jus a todos eles, mas, que os que aparecem nesta matéria sejam considerados representantes de todos os Protetores de Animais, que merecem ser valorizados, por todos nós.

Seja como for, os Protetores de Animais já têm o reconhecimento de toda a equipe do site Greenme, cujo objetivo é promover comportamentos mais conscientes nas pessoas, visando melhor condições de vida, em nosso Planeta, para todos!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!