Animais invertebrados – espécies, fotos e curiosidades

  • atualizado: 
animais invertebrados

Eles podem ser, em sua maioria, tão pequenos que quase não dá para enxergar. No entanto, representam a importante marca de 97% de todas as espécies existentes no mundo e somam cerca de 1.5 milhão de espécies.

ANIMAIS INVERTEBRADOS - CARACTERÍSTICAS GERAIS

A denominação deve-se ao fato de que os invertebrados não têm coluna vertebral, como os vertebrados.

São heterótrofos, ou seja, precisam se alimentar de outros seres vivos, pois não são capazes de produzir o próprio alimento;

São sexuados – reproduzindo-se, em sua maioria, através de gametas;

Têm respiração aeróbica, o que significa que precisam do oxigênio do ar ou da água para sobreviver.

Mas não é só isso.

A diversidade entre eles é tão grande, que vale a pena conhecer um pouco mais dessas diferenças, singularidades e curiosidades sobre os invertebrados.

DIFERENÇAS ENTRE OS ANIMAIS INVERTEBRADOS

starfish

Os invertebrados podem ser classificados em oito filos:

  1. Poríferos – Possuem um esqueleto feito de um emaranhado de fibras. Sua estrutura lembra uma esponja e eles vivem sempre em ambiente aquático, fixos em rochas e ou outras estruturas submersas. Um bom exemplo de porífero é a esponja do mar.
  2. Cnidários – Vivem também em ambiente marinho e contam com mais de 11 mil espécies no mundo, atualmente. Esse tipo não possui sistema respiratório, digestivo ou circulatório. Entre os cnidários, estão as hidras, corais e águas-vivas.
  3. Platelmintos – São vermes de corpo achatado, alguns são parasitas. Eles vivem em ambiente terrestre e aquático. As planárias e a tênia são exemplos de platelmintos.
  4. Nematelmintos - Também são vermes, mas possuem sistema digestivo completo, com boca e ânus, ao contrário dos platelmintos. Podem parasitar outras espécies, inclusive os seres humanos, e causar doenças. Entre os nematelmintos estão as lombrigas e filárias.
  5. Moluscos – Esses animais possuem o corpo mole e podem ter também uma concha, como é o caso do caramujo e das ostras. Esse revestimento serve para evitar a perda de água e proteger o corpo desses bichos.
  6. Anelídeos – São os mais complexos entre os tipos de vermes, por possuírem tubo digestório completo e sistema circulatório fechado. A minhoca é um bom exemplo de anelídeo. Esses seres vivem, geralmente, em ambiente úmido.
  7. Artrópodes – Se destacam entre os filos por serem bem diversificados e facilmente encontrados em quase todos os ambientes. Os artrópodes contemplam os insetos, aracnídeos e crustáceos, e possuem patas articuladas, exoesqueleto e alguns podem voar.
  8. Equinodermos – São animais que possuem um endoesqueleto e espinhos salientes. Seu sistema vital é bastante simples, mas eficiente. As estrelas-do-mar e os ouriços-do-mar são exemplos de equinodermos.

CURIOSIDADES

novas espécies amazônia

Além das diferenças, os invertebrados possuem curiosidades bastante interessantes. Conheça algumas:

  • Os invertebrados mais inteligentes são os polvos, tendo em vista que seu sistema nervoso é bastante complexo, bem como os seus órgãos sensoriais. Polvos conseguem memorizar, aprender e têm enorme capacidade de resolver problemas;
  • As criaturas mais abundantes na Terra são os besouros, com cerca de 250 mil, no total;
  • Em uma corrida de invertebrados entre os animais mais lentos, o caramujo ganha da lesma. Enquanto a lesma levaria cerca de 10 horas para atingir 100 metros rasos, o caramujo leva apenas 2 horas e 13 minutos para fazer a mesma distância;
  • O caracol faz um único acasalamento na vida. Talvez por isso seja tão longo: doze horas no total;
  • Os pernilongos batem as asas mil vezes por minuto;
  • A formiga levanta cinquenta vezes o seu peso. Já a abelha, trezentas vezes.

O HABITAT DOS INVERTEBRADOS

Os invertebrados podem ser encontrados em uma vasta gama de habitats.

Existem espécies terrestres, aquáticas e até mesmo parasitas.

Podem viver na terra, na água e no mar, o que os torna bastante adaptáveis, ao contrário da maioria dos outros animais.

ESPÉCIES MAIS REPRESENTATIVAS

borboletas plantas 2

Algumas espécies de destaque no universo gigantesco dos invertebrados são as borboletas, as aranhas, as formigas, as abelhas, os polvos, os insetos, as cigarras, os escorpiões e as estrelas-do-mar.

Leia também: POR QUE AS BORBOLETAS TÊM ASAS COLORIDAS?

Há ainda alguns mais desconhecidos, como as anêmonas-do-mar, as cracas e os mexilhões.