LOBO – Caraterísticas, Alimentação, Espécies

  • atualizado: 
Lobo

Quem aí na adolescência leu O lobo da estepe, do autor alemão Herman Hesse? O livro conta a história de Harry Haller, um outsider, um intelectual de cinquenta anos angustiado pela sua condição humana. A personagem, que se autodenominava o “lobo da estepe”, acaba vivendo peripécias por conta do aparecimento de outras personagens em sua vida, fazendo a trama se desenrolar de forma surpreendente.

Quais serão as características em comum entre essa personagem e o animal que a define? Vamos conhecer um pouco sobre o lobo, cujo nome vem da palavra latina lupus. Esse animal, que é o maior membro selvagem da família canidae, é um sobrevivente da Era do Gelo, de cerca de 300 mil anos atrás.

CARACTERÍSTICAS

Estudos sobre o sequenciamento genético em cães domésticos (Canis lupus familiaris) afirmam que o seu ancestral é o lobo cinzento, um típico predador dos ecossistemas que habitam.

O seu peso e tamanho podem variar. Costumam ser maiores de acordo com a latitude. Os lobos europeus pesam em média cerca de 38,5 kg; os lobos da América do Norte, 36 kg; os lobos indianos e árabes, 25 kg. Mas já foram encontrados lobos com mais de 77 kg  no Alasca, Canadá e na antiga União Soviética, apesar de serem raros.

Uma habilidade dos lobos é percorrer longas distâncias a uma velocidade média de 10 quilômetros por hora, chegando a atingir a velocidade de 65 quilômetros por hora durante uma caçada. As patas do lobo cinzento são adaptadas para uma ampla variedade de terrenos, especialmente coberturas de neve. Uma fina camada de pele separa cada dedo, o que lhe permite deslocar-se sobre a neve com mais facilidade em comparação às suas presas. O uivo de um lobo cinzento pode ser ouvido a uma distância de até 1 quilômetro.

Outra vantagem desse animal é que seus pelos e unhas ajudam na aderência a superfícies escorregadias e seus vasos sanguíneos especiais mantêm as suas patas aquecidas em baixas temperaturas. A sua pelagem se divide em duas camadas. A primeira tem pelos mais resistentes que ajudam a repelir água e sujeira. Já a segunda camada é formada por uma pelagem densa e isolante à água.

Quanto à coloração dos pelos, há uma grande variedade, que vai do cinza ao cinza-amarronzado, branco, vermelho, marrom e preto. Tais cores podem se misturar, ainda, em muitas populações, fazendo com que surjam indivíduos de coloração mista. Costuma-se atribuir à coloração da pelagem do lobo uma forma de camuflagem.

Em geral, os lobos não são muito adaptáveis à presença humana, mas são capazes de se desenvolver em diversos ambientes, como florestas temperadas, desertos, montanhas, tundras, taigas, campos e, até mesmo, em algumas áreas urbanas. Além disso, eles vivem em alcateias, que são a sua família. Na alcateia, há um macho alfa, que é aquele que toma as decisões pelos demais.

ALIMENTAÇÃO

Quando os lobos saem para caçar, o macho alfa encontra uma manada e, depois, coordena a caçada, segundo matéria do UOL. A alcateia segue o líder, mas nem sempre as caçadas são bem-sucedidas.

Os lobos são muito resistentes e, por isso, podem ficar até quatro dias sem comer nada e ainda manter a disposição física para caçar. Isso também faz com que ele seja capaz de ingerir grandes quantidades de carne. A International Wolf Center tem o registro de um lobo que comeu 10Kg de caça de uma vez.

ESPÉCIES

A espécie do lobo é a Canis lupus, membro da família canidae. Há 31 subespécies registradas de Canis lupus.

Confira aqui a lista completa e veja, a seguir, algumas delas:

  • Canis lupus signatus - lobo-ibérico
  • Canis lupus familiaris - cão doméstico
  • Canis lupus arctos - lobo-do-ártico (lobo-branco)
  • Canis lupus lupus - lobo-cinzento
  • Canis lupus lupus - lobo-europeu
  • Canis lupus deitanus (não reconhecida oficialmente) - lobo-do-levante
  • Canis lupus communis - lobo-russo
  • Canis lupus albus - lobo-da-tundra-asiática
  • Canis lupus campestris - lobo-da-estepe.
  • Canis lupus dingo - dingo
  • Canis lupus italicus - lobo-italiano
 

O HABITAT DO LOBO

Como vimos, o lobo não costuma simpatizar muito com a presença humana. Isso não quer dizer que lobos são devoradores de gente. Aliás, há casos de pessoas que têm uma boa relação com esses animais, que, geralmente, ocupam o topo da cadeia alimentar de seu habitat: montanhas, desertos, florestas de clima temperado e campos.

COMPORTAMENTO

Um estudo feito na Universidade Presbiteriana Mackenzie mostra que, socialmente, os lobos evitam o conflito, por isso, os subordinados evitam o confronto com os dominantes, sendo esta uma estratégia social importante na organização da alcateia.

Outra estratégia social dos lobos é a comunicação. Eles são capazes de trocar informações utilizando a linguagem corporal e a linguagem sonora, através dos seus uivos.

Quando estão com raiva, por exemplo, deixam as orelhas apontadas para cima e mostram os dentes. Se estão com medo, as orelhas se voltam para trás e a cauda fica entre as pernas. Quando um lobo demonstra respeito a outro, abaixa a cabeça e se deita de barriga para cima, é sinal de submissão.

O olfato dos lobos é extremamente potente, sendo cem vezes mais apurado do que o do ser humano. Eles também usam o olfato para se comunicarem. Quando demarcam um território, estão "dizendo" para outra alcateia que o lugar já tem dono.

O LOBO-DO-ÁRTICO

lobo do artico

O lobo-do-ártico (Canis lupus arctos), também chamado de lobo-polar e lobo-branco, é possivelmente uma subespécie do lobo-cinzento que habita o Arquipélago Ártico Canadense, capaz de sobreviver a baixas temperaturas. Sua pelagem é branca e, desde 1930, seu crânio vem diminuindo por causa do seu cruzamento com cães domésticos. Devido à cor da sua pelagem, ele vive camuflado na neve. Pesa cerca de 45 kg e mede até 1,5 metros de comprimento.

O LOBO-VERMELHO

lobo vermelho

O lobo-vermelho (Canis rufus) é nativo da América do Norte, mas hoje se encontra em risco crítico de extinção, visto que existem apenas cerca de 250 exemplares, dos quais 200 encontram-se em cativeiro.  Em média pesam de 25 a 27 kg.

Conseguiu associar alguma característica dos lobos que fez com que Hesse criasse a sua famosa personagem?