Na Índia, o mistério dos cães azuis é revelado

  • atualizado: 
cachorro azul

Azuis como os Smurfs, na Índia, apareceram alguns vira-latas coloridos cujas foto fizeram o giro da web com a hashtag #bluedogs. Por que eles estariam assim coloridos?

O mistério parece ter-se resolvido. Os bluedogs são cachorros de rua, residentes na região industrial de Taloja, em Mumbai, Índia, que ficaram azuis por causa da poluição em um rio onde eles costumam se banhar, o rio Kasadi.

Substâncias poluentes e corantes eram diariamente liberados nas águas do Kasadi por uma empresa que agora, depois das repetidas queixas e denúncias dos residentes e dos ambientalistas locais, acabou sendo fechada e obrigada a encerrar suas atividades.

"Foi chocante ver como o pelo branco do cachorro estava completamente azul", disse Arati Chauhan, chefe na Navi Mumbai Animal Protection Cell, aos jornais indianos. "Nós descobrimos cinco cães coloridos e pedimos ao Comitê de Controle da Poluição atuar contra as indústrias que estão despejando resíduos danosos”. Os ativistas relataram que também há aves e répteis afetados pela poluição.

Uma organização de proteção animal conseguiu submeter alguns destes cães a testes, detectando que, felizmente, não existe por ora maiores danos além da coloração azul. Ademais, a cor seria devida à uma substância encontrada tida como "solúvel em água". Porém, nada descarta que possa haver danos futuros à saúde dos animais.

cachorro azul 2

Fonte Foto

O rio Kasadi atravessa uma área onde quase mil empresas operam como estabelecimentos químicos, farmacêuticos e alimentares, jogando em suas águas todos os seus resíduos químicos, submetendo-o a altos níveis de poluição. As substâncias tóxicas também estariam presentes no ar.

As autoridades indianas depois de ter verificado e confirmado que os cães estavam se tornando azuis por causa da poluição no rio onde se banhavam, realizaram uma investigação detalhada nas instalações da empresa, decidindo por fechá-la.

cachorro azul 3

 A empresa responsável portanto está fechada temporariamente e com abastecimento de água suspenso.

Porém, de acordo com os ambientalistas locais, apesar da boa notícia do fechamento, isso ainda não é o suficiente para garantir o futuro ecológico da região: "Há muitas outras indústrias na área que representam uma ameaça para a flora e a fauna. Fechar uma única empresa prejudica os trabalhadores e não resolve o problema. Existe uma necessidade de monitoramento constante da poluição em locais industriais".

Mistério resolvido e uma história que nos mostrou como o melhor amigo do homem acabou se tornando um agente ambiental, ajudando os ambientalistas a denunciarem um problema que vem ocorrendo há tempos.

 Foto capa