Por que tem gente que trata o cachorro como filho?

bebe cachorro

Sabe aquela pessoa que trata o cachorro como filho? Pois é, essa pessoa às vezes é considerada louca, exagerada ou muito carente. Mas a ciência pode explicar esse corportamento e entender a antiga e profunda ligação entre homens e cães.

Uma nova pesquisa publicada na Science, demonstrou que quando olhamos nos olhos dos nossos amigos de quatro patas, em nosso organismo se ativa a mesma resposta hormonal que nos liga aos bebês humanos.

O estudo, o primeiro a demonstrar o efeito hormonal entre os seres humanos e outras espécies, pode ajudar a explicar o porquê dos cães terem se tornado os nossos melhores amigos há milhares de anos. Os pesquisadores conseguiram mostrar que prestar atenção ao comportamento dos cães, aumenta a concentração urinária de ocitocina nos seu donos. A ocitocina é um hormônio ligado ao vínculo materno, à confiança e ao altruísmo.

Isto pode explicar porque os cães são tão úteis para as pessoas com autismo e transtorno de estresse pós-traumático. O pesquisador Kikusui e seus colegas, convidaram 30 amigos e vizinhos para levar seus animais no laboratório de pesquisa. Conseguiram também achar pessoas que tinham lobos como animais de animação, e que toparam a experiência.

Quando cada proprietário levou seu animal de estimação no laboratório, os pesquisadores coletaram a urina de ambos e depois pediram para que os donos brincassem com o animal em uma sala por 30 minutos. Durante este tempo, os donos faziam carinho nos seus animais e falavam com eles.

Os cães e seus donos se olhavam nos olhos. Os lobos, não surpreendentemente, não demonstraram muito contato visual com seus proprietários. Em seguida, a equipe recolheu de novo as amostras de urina. Na segunda etapa da pesquisa, a ocitocina foi pulverizada no nariz de um grupo de cães para verificar se as fêmeas foram olhar mais frequentemente para seus donos.

Os resultados sugerem que as interações homem-cão provocam praticamente o mesmo tipo de reação que existe entre mães e filhos. Isso pode explicar porque nos sentimos tão perto dos nossos cães, e vice-versa. A ocitocina diminui a ansiedade e a domesticação dos cães pode ter sido importante para a sobrevivência humana.

Leia também: Gatos e homens: como nasceu a amizade milenar

Fonte foto: freeimages.com