São Paulo: animais domésticos poderão ser permitidos nos ônibus

São Paulo: animais domésticos poderão ser permitidos nos ônibus

A Câmara Municipal de São Paulo aprovou ontem, quarta-feira 11, o projeto de lei que autoriza transportar gatos, cachorros e outros animais de estimação nos ônibus municipais. O projeto segue para a sanção do prefeito Fernando Haddad.

Parece estranho, mas na maior cidade brasileira, os animais não são permitidos nos meios de transporte públicos, exceção se faz aos cães-guias. Se o projeto for aprovado, os animais poderão passear com seus donos em vez de ficarem em casa ou de impedirem seus donos de saírem, quando estes não querem deixá-los sozinhos em casa.

Além disso, vale lembrar que muitos donos não têm carro e as vezes não têm como levar o animal ao veterinário ou a outros lugares necessários.

O Projeto de Lei n° 131/2013 dispõe sobre a autorização do poder executivo em disciplinar o transporte de animais domésticos no Serviço Municipal de transporte coletivo de São Paulo e tem algumas regrinhas, que extraímos do texto inicial que esteve em trâmite na Câmara paulistana.

Dá uma olhada para saber praticamente, como será o transporte do teu bichinho:

Não pode:

* transportar animal feroz, peçonhento ou que por seu estado de saúde, possa comprometer o conforto e a segurança do veículo e ou dos passageiros;

* transportar o animal sem o seu Certificado de Vacina;

* animais acima de 10 quilos;

* prejudicar o andamento do veículo com o carregamento e o descarregamento do animal que deve ser feito por conta de seu dono;

* levar mais de dois animais a bordo.

Os animais devem:

* ser acondicionados em recipientes apropriados para o transporte animal;

* pagar a tarifa se utilizar assento.

Leia também: A labrador que, sozinha, pega o ônibus para ir ao parque

Fonte foto: vacanzaconilcane.it