As baleias-brancas param o gasoduto da TransCanada: elas estão em risco de extinção

baleias-brancas param o gasoduto da TransCanada

A beluga ou baleia-branca (Delphinapterus leucas) está em risco de extinção e o gasoduto não deve ser feito. A canadense TransCanada, conforme publicou a Phys.org, decidiu suspender a construção de um grande terminal de seu gasoduto no Rio São Lourenço, no Canadá, depois de as autoridades classificarem a população local de baleias beluga como espécie "em risco de extinção”.

As Belugas vivem perto de Cacouna, Quebec, ou seja, no local onde o terminal seria construído, colocando-as em risco.

"Hoje, as baleias-brancas do Estuário de São Lourenço enfrentam um conjunto crescente de ameaças, incluindo o aparecimento de algas tóxicas, poluição das águas, poluição sonora e o desenvolvimento industrial. Há sinais preocupantes de recentes quedas e mortes inexplicáveis de filhotes da espécie. Esta pequena população está agora consideravelmente em risco de extinção em comparação há 10 anos, quando foi considerada ‘ameaçada de extinção’ pela COSEWIC. Sem a proteção de seu habitat, a população irá diminuir ainda mais e, assim sendo, foi classificada agora como em extinção, lê-se em um comunicado.

O terminal de Cacouna da TransCanada seria concluído e colocado em funcionamento em 2018, juntamente com o restante do projeto do gasoduto East Energy, que deveria ligar a costa oeste do Canadá, ao leste. Mas a empresa decidiu parar a construção por causa do novo status da beluga. O atraso nas obras dará tempo para analisar a situação do animal e avaliar as futuras opções para uma solução boa para todos.

Como se vê, nem tudo está perdido!

Leia também: Monster Boats: meganavios pesqueiros que esvaziam os oceanos

Fonte foto: wikimedia.org