Nâo à inclusão das florestas brasileiras na compensação de carbono

  • atualizado: 
florestas brasileiras

Florestas para compensação de carbono - offsets - não interessa ao nosso pais. Segundo as ONGs que assinam este documento, as offsets são uma “falsa equivalência” entre o carbono acumulado em florestas e aquele que é gasto ao se consumirem os combustíveis fósseis e podem prejudicar, em muito, o ambiente terrestre permitindo, por outro lado, o aumento do ritmo das emissões de CO2.

Segundo a Agência Brasil mais de 50 entidades protocolaram nos ministérios do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, na semana passada (11 de julho), “uma carta em defesa da posição histórica do Brasil contra a inclusão das florestas em mecanismos de compensação de carbono – chamados de offsets”.

“A floresta demora muito mais tempo para absorver carbono do que você demora para queimá-lo. Se eu queimo um barril de petróleo, eu vou demorar muito e muitos anos para uma floresta absorver aquilo, a compensação não é imediata. Tem uma falha no princípio científico da coisa”, explicou Pedro Telles, especialista em Clima da organização não-governamental (ONG) Greenpeace, uma das entidades que assina o manifesto.

“O carbono que está embaixo da terra [combustível fóssil] é um carbono muito menos suscetível a ser emitido. Um carbono que está na floresta é muito vulnerável, porque pode ter um desmatamento, pode ter um incêndio”, acrescentou Telles.

Esta é uma conta de somar que resulta em 0

florestas brasileiras 2

“Nunca são reduções efetivas, pois o que há é a compensação. O que se reduz por meio da não emissão florestal continua sendo emitido em outro setor”, argumentam as entidades.

Uma outra sugestão - hipoteca de florestas

Uma sugestão das ONGs que assinam o documento é “em vez de diminuir suas emissões, países ou empresas poluidoras poderiam fazer uma espécie de “hipoteca das florestas”, a fim de cumprir suas metas por meio do pagamento para plantá-las ou mantê-las em pé”.
Leia aqui, no site do Greenpeace, a íntegra da carta.

Especialmente indicado para você:

setaA IMPORTÂNCIA DO CARBONO PARA MANUTENÇÃO DA VIDA NA TERRA

setaEMPRESÁRIOS BRASILEIROS LANÇAM PROPOSTAS PARA ECONOMIA DE BAIXO CARBONO

setaAS FLORESTAS TROPICAIS ABSORVEM MAIS DIÓXIDO DE CARBONO DO QUANTO SE PENSAVA