Dia Internacional da Vida Selvagem 2017: "Ouça as vozes jovens"

  • atualizado: 
dia mundial vida selvagem

Você sabe que existe o Dia Internacional da Vida Selvagem? Pois ele existe sim e é celebrado hoje, 3 de março.

A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de celebrar a fauna e a flora do planeta e chamar a atenção para a ameaça que os animais selvagens sofrem. Em sua 68ª sessão, a Assembléia Geral das Nações Unidas (AGNU) assinou, no dia de 3 de março de 2013, a Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies de Fauna e Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES).

A convenção “regulamenta a exportação, importação e reexportação de animais e plantas, suas partes e derivados, por meio de um sistema de emissão de licenças e certificados que são expedidos quando se cumprem determinados requisitos”. O Brasil passou a fazer parte do pacto mundial ambiental da CITES em 1975.

Segundo o secretário-geral da CITES, John E.Scalon, o "3 de março é a oportunidade para todos nós, não importa quem somos e onde estamos, celebrarmos a beleza e a variedade de milhões de plantas e animais com quem compartilhamos este planeta".

Segundo a ONU, o tráfico de animais e a caça chegam a até 213 mil milhões de dólares por ano. A organização revela dados alarmantes sobre as ameaças que os animais sofrem:

  • 20.000 a 25.000 elefantes mortos anualmente na África;
  • 100.000 elefantes africanos mortos de 2010 e 2012;
  • 1.215 rinocerontes mortos em 2014 na África do Sul;
  • 220 número de chimpanzés mortos em 2014;
  • 1 milhão de pangolins retirados do seu habitat em dez anos.

Ouça os jovens

O tema do Dia Internacional da Vida Selvagem deste ano é "Ouça as vozes jovens". Os jovens são evocados na campanha de 2017 porque eles correspondem a um quarto da população mundial tem entre 10 e 24 anos. Ou seja, eles serão as futuras lideranças do planeta, as quais precisam ser estimuladas e conscientizadas sobre a importância de atuarem para a proteção dos animais selvagens ameaçados.

A ONU espera capacitar os jovens de todo o mundo através de programas voltados exclusivamente para eles. Os jovens são os principais agentes de mudanças, por isso, são eles quem podem fazer a diferença no futuro - e hoje também.

Defender a vida animal do planeta, bem como a flora, é defender a vida humana na Terra.

É hora de ouvirmos as vozes jovens e aprendermos com elas!

Especialmente indicado para você:

O DIA MUNDIAL DA VIDA SELVAGEM É HOJE

VIDA MARINHA À BEIRA DA EXTINÇÃO