Como ajudar o Haiti depois da devastação provocada pelo furacão Matthew

haiti-furacão

O furacão Matthew levou morte e destruição no Haiti (pelo menos 473 mortos até o momento). Os sobreviventes precisam de ajuda, e há temores de propagação da cólera. Uma nova tragédia no país mais pobre das Américas e já anteriormente destruído pelo terremoto em 2010.

É o furacão mais forte que atingiu o Haiti na última década. Durante sete dias manteve-se com uma força de ventos de pelo menos 177 km/h, destruindo dezenas de milhares de casas, deixando 60.000 pessoas desabrigadas, que agora estão em abrigos temporários.

No Haiti, milhares de pessoas necessitam de assistência humanitária e médica. Não apenas as casas foram destruídas, mas também os campos de cultivo, de modo a causar sérios problemas de recursos alimentares.

Depois do furacão, 13 pessoas morreram de cólera e há um medo grave de que esta doença possa se espalhar como aconteceu após o terremoto em 2010, quando cerca de 10.000 pessoas morreram.

O Haiti que estava se recuperando nos últimos anos, agora se vê de novo em meio à destruição e deve começar mais uma vez a se levantar.

Infelizmente até os hospitais foram seriamente danificados, assim, o número de leitos para pessoas em necessidade e que necessitam de cuidados não são suficientes. A Cruz Vermelha lançou um apelo de emergência com a UNICEF para ajudar milhares de crianças em necessidades.

Como ajudar o Haiti

No Haiti, a população precisa de alimentos não perecíveis e de medicação. Entre as organizações que trabalham para ajudar o país estão estas abaixo (clique nos nomes para entrar nos sites e ajudar):

Unicef

Caritas

Save The Children 

Terres des Hommes 

Swiss Solidariedade 

Nos sites acima é possível fazer doações e ajudar as associações que estão trabalhando pelo Haiti.

Especialmente indicado para você:

FUKUSHIMA - A CONTAMINAÇÃO RADIOATIVA E A CADEIA ALIMENTAR

DESASTRES NATURAIS DESABRIGAM MAIS QUE GUERRAS