Mega incêndio no Canadá é um dos piores desastres ambientais do país

Incendios

Um incêndio de grande proporção na região de Fort McMurray, em Alberta no Canadá, esvaziou a cidade cujos habitantes se viram obrigados a evacuarem, por causa das chamas, uma área de aproximadamente 160 mil hectares.

Desde o dia 3 de maio Fort McMurray vem sendo devorado por incêndios que destroem bairros inteiros. O clima excepcionalmente quente e seco tem contribuído para o desastre que, de acordo com alguns especialistas, pode estar ligado ao aumento das temperaturas associado à mudança climática.

"As condições que favoreceram estes incêndios - ou seja, o inverno excepcionalmente quente e seco que a região tem experimentado - quase certamente tem a ver com a mudança climática", disse Mann, diretor do Centro de Ciência do Sistema Terra na Pensilvânia State University.

Os últimos meses têm sido um dos mais quentes da história. As temperaturas em Alberta atingiram recorde em maio, superando os 32 graus na terça-feira, cerca de 4,5 graus acima da média para o período.

"Os dados históricos mostram que a região tem esquentado significativamente ao longo do último meio século.”

As temperaturas mais quentes do que o habitual em combinação com os ventos fortes, têm aumentado significativamente o risco de incêndios florestais na região a ponto de nos últimos 50 anos, a superfície de florestas devastadas pelo fogo em Alberta mais do que dobrou. No ano passado, houve cerca de 7.000 casos de incêndios que queimaram 4 milhões de hectares de florestas em todo o país.

As condições ideais para o fogo se alastrar facilmente também se devem em parte ao El Nino, que leva ar seco para o Canadá, mas de acordo com o cientista Kevin Trenberth, do Centro Nacional de Pesquisa Atmosférica, o aumento das temperaturas globais deixou o inverno ali ainda mais seco.

E os incêndios ainda podem causar mais danos. O medo tem a ver com a exploração de de petróleo da região, especialmente ao longo do Lago Nexen. Se os incêndios alcançassem as instalações pretolíferas, os danos ambientais seriam incalculáveis.

Uma mistura mortal: chamas, combustível e mudança climática. Fort McMurray é cercado de areias betuminosas, rochas de onde o petróleo é extraído, a cidade está localizada em uma área considerada a terceira maior reserva de petróleo do mundo. No momento, a produção de petróleo do país foi interrompida pelas chamas.

Leia também: 

seta 5 ACONTECIMENTOS DE 2015 MOSTRARAM QUE A MUDANÇA CLIMÁTICA É REAL