Como foi o final de semana de limpeza das praias

O último final de semana do inverno (com calor acima dos 30° Celsius na maior parte do país) teve diversas ações de limpeza das praias e rios brasileiros em ações motivadas pelo Dia Mundial de Limpeza das Praias e Rios. Destaque para as atividades nas praias do Rio de Janeiro, Sergipe, Florianópolis, São Paulo, entre outros. Aqui você verá

Rio de Janeiro

No Rio de Janeiro, um mutirão de 160 trabalhadores voluntários de 14 empresas associadas ao Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação do Estado do Rio de Janeiro (Seac-RJ).

As limpezas foram realizadas no dia 19, sábado, no Parque dos Patins, na Lagoa Rodrigo de Freitas, na VIII Ação Nacional Febrac - Limpeza Ambiental.

"Temos percebido uma importante redução da quantidade de lixo recolhido nos últimos anos, o que nos mostra que nossa ação tem trazido resultados. A campanha vai muito além da limpeza promovida pelas empresas voluntárias. O maior objetivo é despertar na sociedade o sentimento de solidariedade e união em busca de um mundo melhor para todos. E no Rio, temos ainda a responsabilidade de conscientizar a população sobre a preservação de um importante símbolo ambiental para a cidade, a Lagoa Rodrigo de Freitas", disse o presidente do Seac-RJ, Ricardo Garcia.

Sergipe

Em Sergipe as ações foram uma iniciativa da Fundação Mamíferos Aquáticos (FMA), com programação na passarela do Caranguejo em Aracaju e que teve coleta de lixo na praia e no calçadão da orla e em Pirambu, com os voluntários participando posteriormente de palestras e exibição do Cine Tela Verde sobre resíduos sólidos.

A missão dos trabalhos e palestras é conscientizar e engajar pessoas para mudar o comportamento de todos, sendo que os voluntários não se mobilizam apenas por este Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios, mas todos os terceiros sábados de cada mês para a coleta de resíduos sólidos nas praias. Um exemplo e tanto.

Santa Catarina

Em Florianópolis as ações aconteceram graças a um mutirão acordado pelo Movimento Areia Limpa no Facebook, que reuniu mais de 700 voluntários para limpeza da Praia Mole.

“Queremos juntar nossas forças em função da cultura de preservação ambiental, mantendo a limpeza de nossas areias e trilhas”, explicou o surfista Junior dos Santos, um dos organizadores do evento.

No ano passado aconteceu a primeira edição na Praia da Gadelha, também em Florianópolis. A terceira edição está garantida para o ano que vem.

São Paulo

Várias praias do litoral de São Paulo tiveram ações de voluntários neste final de semana.

Em Peruíbe, mais de 500 voluntários coletaram quase 2 toneladas de lixo nas praias do Centro, Costão, Guaraú e Barra do Una. Os trabalhos foram coordenados pelo biólogo responsável pelo Aquário de Peruíbe, Thiago Nascimento.

"É uma ação feita no mundo inteiro. Cada lugar organiza o mutirão de uma maneira. Contamos com muitos voluntários e é importante que as pessoas tenham consciência de preservar o meio ambiente. Somente na ação de hoje retiramos cerca de 2 toneladas de lixo. Encontramos até dentaduras e aparelhos de som jogados", disse.

Mas as ações voluntárias ocorreram também nas praias do Guarujá e de Santos. Aliás, a criatividade se fez presente na turma de limpeza de Santos, que construiu uma canoa com garrafas pet, 820 garrafas para ser mais exato, que foi utilizada para recolher os lixos nos mares da Baixada Santista.

Grandes exemplos para todos nós foram dados neste fim de semana do Dia Mundial de Limpeza de Praias e Rios!

Leia também:

20 DE SETEMBRO É DIA DE DAR O EXEMPLO NA LIMPEZA DE RIOS E PRAIAS

Fonte foto: G1 no Sergipe