A espetacular erupção vulcânica no Chile

erupção vulcânica

Medo e espetáculo no Chile feito pela força da Mãe Natureza. A erupção do vulcão Calbuco pegou todo mundo de surpresa, pois não acontecia há 42 anos.

Da cratera surgiu no céu uma densa nuvem de cinzas e fumaça de quase 20 quilômetros de altura.

Aconteceu por volta das 18:00 no horário local. As autoridades declararam imediatamente o alerta vermelho, a evacuação de cerca de 5 mil pessoas que estavam ao redor da cidade turística de Puerto Varas, a mil quilômetros ao sul de Santiago, capital do país. Escolas fechadas, voos cancelados e nenhum acesso às áreas perto do vulcão.

Vulcão Calbuco Chile

foto: @sreduardoguzman/instagram

Não houve relatos de mortes, pessoas desaparecidas ou feridas, disse o ministro Rodrigo Peñailillo, que pediu aos moradores para evacuarem a área e alertou para a possível formação de lahar.

O lahar é a avalanche composta de material piroclástico e água que flui para baixo nas encostas de um vulcão, especialmente ao longo do sulco de um vale do rio. O lahar tem o comportamento, a textura e a viscosidade do cimento: fluído quando está em fase de movimento, enquanto rapidamente se solidifica quando para.

Enquanto isso, os ventos que sopram a nordeste empurraram a coluna de cinzas e fumaça para a Argentina. A última grande erupção deste vulcão de 2.003 metros de altura foi em 1961.

Um evento como esse, em 2015, foi seguido ao vivo em todo o mundo através das redes sociais, com fotos e vídeos que circulavam postadas pelos cidadãos usando a hashtag #volcanCalbuco.

As imagens são angustiantes mas, ao mesmo tempo verdadeiramente espectaculares.

Leia também: Por que os vulcões são importantes para o meio ambiente?