Hoje, 21 de março, é o Dia Internacional das Florestas

21 de março, é o Dia Internacional das Florestas

A maior floresta tropical do mundo, a Floresta Amazônica, está na América Latina e bem aqui, no Brasil, a sua maior parte, 60% da floresta; seguido pelo Peru com 13% e outras pequenas porções na Colômbia, Venezuela, Equador, Bolívia, Guiana, Suriname e Guiana Francesa.

A grandeza da floresta impressiona: são 6,9 milhões de quilômetros quadrados onde mora a metade das espécies terrestres do planeta. O bioma Amazônia cobre 49% do território nacional. Os rios amazônicos formam 25 quilômetros de águas navegáveis, é a maior bacia hidrográfica do mundo e que tem em suas margens 33 milhões de pessoas, incluindo 1,6 milhão de povos indígenas de 370 etnias. Fundamental termômetro da biodiversidade do planeta e importante aliada no combate ao aquecimento global a importância da floresta é grande tanto quanto os problemas relacionados à sua preservação.

O desmatamento da Floresta Amazônica está na casa dos 17% de toda a floresta, uma área equivalente aos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Rio de Janeiro e Espírito Santo. O problema é causado pela exploração das terras para as produções, principalmente, de gado e soja. O país é o maior exportador de carne bovina do mundo desde 2008; o maior produtor de soja; o segundo maior em alimentos transgênicos. Tudo isso até poderia estar bem se o agronegócio típico e, muitos dirão, fundamental para a economia brasileira, fosse, em primeiro lugar, sustentável e em segundo, bem distribuídos. Sustentáveis não porque isso se trate de um discurso ecologista de moda, mas sim porque os recursos naturais são esgotáveis e uma economia que se baseia neste negócio corre o risco de ver sua fonte de renda se esgotar facilmente. Contudo, parece que o Brasil não segue o rumo da sustentabilidade fosse por uma questão econômica fosse por um ativismo verde ou fosse por mera inocência de pensar que a da gigante Floresta Amazônica ainda se possa tirar muito leite de pedra. Outro problema que afeta a região e que vem sendo maquiado por promessas de desenvolvimento, também se espalham pelos seus rios, em forma de grandes hidrelétricas, e pelas províncias minerais, em forma de garimpo.

Mas hoje que é o Dia Internacional das Florestas queremos cantar os louvores verdes do Brasil com dois dados que talvez muita gente não saiba: O Parque da Cantareira, localizado na Zona Norte de São Paulo, e o Parque Estadual da Pedra Branca, localizado na Zona Oeste de Rio de Janeiro, são considerados as maiores florestas urbanas do mundo!

Quem morar nestas capitais pode fazer uma visita neste final de semana para respirar um pouco de ar puro. O Parque da Cantareira fica aberto aos sábados, domingos e feriados das 08h às 17h. E o Parque Estadual da Pedra Branca no Rio, diariamente, das 8h às 17h.

Fonte foto: wallsave.com