2014 foi o ano mais quente de todos

2014 foi o ano mais quente de todos

2014 foi o ano mais quente já registrado desde 1880. A notícia não surpreende de tudo, tendo em vista que já sabíamos que agosto e setembro do ano passado, tinham sido relatados como os meses de recorde em calor, tendo sido os mais quentes da história.

Mas agora a confirmar os dados do ano passado inteiro, estão as duas autoridades no assunto, de um lado a Nasa, e de outro a National Oceanic and Atmospheric Administration (NOAA).

De acordo com a NASA, não só 2014 foi o ano mais quente da história, como os 10 anos mais quentes já registrados por instrumentos, com exceção do ano de 1998, ocorreram a partir do ano 2000. Esta tendência é devida ao aumento da temperatura global do planeta, como observado pelo Instituto Goddard da NASA. Apesar de nosso ministro Aldo Rebelo discordar, tudo indica que o aquecimento global é sim causado pelo homem.

Desde 1880, a temperatura média da superfície da Terra aumentou em cerca de 1,4 graus Fahrenheit, 0,8 graus Celsius. Escusado será dizer que a responsabilidade recai em grande parte sobre a atividade humana com o aumento do dióxido de carbono e de outros gases de efeito estufa na atmosfera. Até mesmo o Papa Francisco recentemente enfatizou isso. Quinta-feira passada, o pontífice, chamou várias vezes a atenção para as questões ambientais, dizendo que o homem é a principal causa das mudanças climáticas. Papa Francisco também espera que a conferência em Paris este ano possa tomar uma posição corajosa para proteger o meio ambiente. "Eu não sei se é tudo culpa do homem, mas para a maior parte das coisas, é o homem que maltrata continuamente a natureza", disse.

Voltando à análise, aquela feita de forma independente pela NOAA é baseada em dados brutos e apenas confirmou o que fora observado pela NASA: 2014 foi o ano mais quente, como mostram os seguintes gráficos:

gráfico temperatura global 1

gráfico temperatura global 2

gráfico temperatura global 3

gráfico temperatura global 4

O vídeo abaixo mostra a variação da temperatura global média de 1880 a 2014:

“Este é o último de uma série de anos quentes, em uma série de decênios quentes. Se o ranking dos anos individuais pode ser afetado por padrões climáticos caóticos, as tendências de longo prazo são atribuídas a fatores da mudança climática que neste momento, estão dominadas por emissões humanas de gases de efeito estufa", disse o diretor da GISS da NASA, Gavin Schmidt.

Fonte fotos: Nasa e Noaa